Como funciona a 42 São Paulo na prática?

12 de fevereiro de 2020

Entenda o que há por trás desse modelo de aprendizagem, criado na França, voltado para o ensino de programação e o desenvolvimento da cultura digital de forma colaborativa e inovadora


Apresentar um conceito pedagógico inovador, que foge ao modelo tradicional de aprendizagem, costuma despertar curiosidade. É o caso da 42 São Paulo, que trabalha o ensino de programação sem custo, com tecnologia de ponta e currículo gamificado, na qual os estudantes aprendem a partir da troca entre pares, sem necessidade de mediação.

Ao apostar em um modelo disruptivo de aprendizagem, o projeto, criado na França, se propõe não só a aumentar o nível de qualidade na formação de programadores, mas também a criar um espaço para conviver com a diversidade e estabelecer valores de comunidade. Em janeiro de 2020, a primeira turma iniciou o curso na 42 São Paulo.

Aproveitando o início das atividades, Mariana Marcílio, que faz parte da equipe da 42 São Paulo, respondeu as dúvidas mais comuns sobre o projeto. Confira!

 

A 42 São Paulo é uma escola?

Gostamos de definir a 42 com um espaço de aprendizagem por contrapor os elementos tradicionalmente vinculados ao conceito tradicional de escola.  

 

Como posso participar?

O processo seletivo é dividido em três etapas principais: a primeira é o “Jogo de Memória e Jogo de Lógica”. Nessa etapa você entra no nosso site e joga. Tem duração de duas horas. A segunda etapa é a “Conhecendo a 42”, quando disponibilizamos vagas limitadas para que você conheça a metodologia e o espaço físico da 42, com duração de uma hora. A terceira etapa é a “Piscina”, um processo imersivo de 28 dias.

 

Você pode falar mais sobre a “Piscina”?

A Piscina é a última parte de nosso processo seletivo. Diferentemente de um vestibular, no qual você se prepara para provar que domina o conteúdo, na 42 você pode entrar sem saber nada e aprender durante esses 28 dias, que incluem finais de semana e a dedicação média dos participantes é de 12 horas por dia. É um processo intenso e muito bonito, no qual os participantes aprendem a aprender, a colaborar e principalmente a lidar com frustração. No final do processo, um algoritmo avalia variáveis como desenvolvimento técnico e a interação dos participantes, por exemplo.

 

O projeto não tem professor?

Não temos a figura do professor ou mentor porque no dia a dia os estudantes são incentivados a tirar dúvidas e construir linhas de raciocínio em pares. Na 42, nossa equipe pedagógica trabalha como curadores de conteúdos e construtores dos desafios que devem ser solucionados pelos alunos, pois entendemos que todos têm muito a aprender e a ensinar.

 

Preciso saber programar?

72% das pessoas que participaram dos nossos primeiros processos seletivos (chamado de “Piscina”) nunca haviam programado anteriormente. Aqui os únicos requisitos solicitados é que a pessoa saiba mexer em um mouse, em um teclado, consiga fazer pesquisas no Google e não tenha medo de se frustrar.

 

A 42 São Paulo é certificada pelo Ministério da Educação (MEC)?

Nosso currículo muda em uma velocidade enorme para se adaptar às mudanças tecnológicas, cada vez mais necessárias no futuro. Para manter essa velocidade de adaptação e acompanhar o desenvolvimento da rede a nível mundial não possuímos vínculos com o Ministério da Educação.

 

Posso estudar a hora que eu quiser?

Sim. A 42 SP funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. Mas vale lembrar: nosso modelo é 100% presencial, então para validar projetos e avançar nos desafios é importante que o estudante frequente o campus, para interagir, trocar e crescer com os demais.

 

A 42 só existe no Brasil?

Nossa escola foi criada em 2013 na França e desde então já temos mais de 29 unidades pelo mundo. Estamos presentes em 24 países nos cinco continentes e a 42 São Paulo é a primeira da América Latina. Nossa rede é Global e os 9.000 estudantes estão hoje conectados através do nosso Slack (espaço de colaboração online).

 

É gratuita?

A 42 é e sempre será gratuita para os estudantes. Nós acreditamos que a questão financeira não pode ser uma barreira para formação de profissionais brilhantes. Toda nossa estrutura é financiada por empresas e parceiros que entendem a importância de investir em uma educação para transformar o Brasil em uma potência tecnológica. A Fundação Telefônica Vivo é uma delas e, como parceira estratégica, também colabora para a oferta de bolsas para as pessoas que não tenham condições de ir até a escola (transporte) ou até mesmo de se manter em São Paulo (alimentação e moradia). E vale citar: não existe contrapartida financeira, apenas de dedicação, que é bastante intensa.

 

Como funciona o sistema de bolsa?

Além de ser uma escola gratuita, oferecemos um sistema de bolsas (alimentação, transporte e em alguns casos até moradia) para os estudantes que não teriam condição financeira de frequentar a 42, tanto durante a “Piscina” quanto no Programa Regular.

 

Há um tempo certo pra concluir o curso?

A 42 é dividida em níveis: a partir do 7º nível (com duração de mais ou menos sete meses) você já pode conseguir um emprego na área. Já o nível 21 (de três a cinco anos) equivale a um ensino superior mais mestrado.

Se você gostou da proposta da 42 São Paulo e quer participar, essa é sua chance! As inscrições para as próximas Piscinas já estão abertas!

O primeiro passo é se cadastrar no site e fazer os dois testes disponíveis: memória e lógica. Acesse o site e boa sorte!

 

A 42 SP foi destaque na coluna #E-Tech da GloboNews. Assista!



4 comentários sobre “Como funciona a 42 São Paulo na prática?”

  1. RAIMUNDA NONATA DE JESUS ARAUJO disse:

    QUERO FAZER O CURSO 42 SP

    1. Fundação Telefônica Vivo disse:

      Olá, Raimunda,
      Você pode encontrar mais informações no site da 42 São Paulo, acesse: https://www.42sp.org.br/.
      Obrigada pelo seu comentário e continue nos acompanhando!

  2. BRUNO FERNANDES QUEIROZ BOECHAT disse:

    Olá, tudo bem?
    Gostaria de saber se a 42 Rio ainda funciona,

    1. Fundação Telefônica Vivo disse:

      Olá, Bruno
      Agradecemos o contato.
      Neste caso, sugerimos entrar em contato com a 42|Rio para ter informações de funcionamento.

      Abraços.

Deixe uma resposta aqui