Conviva reconhece municípios com práticas educacionais de qualidade

13 de dezembro de 2019

A plataforma direcionada para secretarias municipais realiza a 4º Ação de Reconhecimento para premiar iniciativas de sucesso em gestão da educação


A 4ª Ação de Reconhecimento do Conviva Educação premiou três equipes de secretarias municipais de educação que realizaram iniciativas de gestão de sucesso apoiadas pela plataforma.

Criado por iniciativa da União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME) há seis anos, o Conviva Educação é um sistema de gestão gratuito que oferece conteúdos, ferramentas e áreas de trocas de experiências para aprimorar os processos na gestão da educação. A plataforma tem o apoio de 13 instituições, entre elas a Fundação Telefônica Vivo, e cerca de 90% das secretarias municipais de educação do país estão cadastradas nela.

Os vencedores foram anunciados no dia 28 de novembro, em transmissão ao vivo no Facebook do Conviva. As equipes dos municípios de Cruzeiro do Sul, no Acre, e Limoeiro do Norte, no Ceará, ganharam na categoria técnica, que identificou os melhores relatos e uso qualificado da plataforma Conviva. Jáo time de Itacoatiara, no Amazonas, foi reconhecido por votação popular.

Os projetos vencedores abordavam questões como a organização das informações do município, a melhoria no aprendizado dos estudantes e na infraestrutura das escolas e a garantia de trabalho para os profissionais da secretaria de educação e professores.

“A Ação de Reconhecimento tem como objetivo mostrar as práticas educacionais exitosas que existem pelo país. O Conviva dá o plano de fundo, mas a mensagem principal que fica é o potencial desses municípios da gestão de suas redes”, afirma Elis Verri, gestora do projeto no Instituto Natura, um dos parceiros da iniciativa.

 

Conheça os vencedores

Cruzeiro do Sul (Acre): a infraestrutura de uma escola é fator essencial para garantir acesso e permanência das crianças que estão em busca de um aprendizado de qualidade.

A equipe da secretaria do município acreano utilizou a ferramenta de Espaços Escolares e identificou melhorias importantes a serem feitas, organizando a gestão pedagógica para revitalizar espaços.

Limoeiro do Norte (Ceará): o objetivo proposto é melhorar os resultados das avaliações externas, que mostravam insuficiência na aprendizagem dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática.

Foi feito um mapeamento próprio utilizando várias das ferramentas do Conviva, acompanhado de um planejamento estratégico para integrar áreas como alimentação, transporte escolar e convênios, melhorando as condições de aprendizagem dos estudantes.

Itacotiara (Amazonas): das 134 escolas do município, 114 estão localizadas em zonas rurais, em áreas em que a variação de volume dos rios pode afetar as condições do espaço e calendário escolar.

Dentro desse contexto, a equipe local buscou uma forma de controlar o orçamento e os gastos com obras e manutenção. As ferramentas do Conviva deram mais autonomia para as escolas organizarem um calendário próprio, alinhando a parte financeira e estrutural.

 

Reconhecendo boas práticas educacionais

Na edição de 2019, a premiação recebeu 244 registros. Entre setembro e outubro, uma triagem selecionou 30 dessas propostas de boas práticas educacionais, das quais dez foram escolhidas como finalistas para participar de um encontro formativo no Rio de Janeiro para trabalhar o tema inovação educativa. Foi também durante essa fase que os participantes gravaram vídeos sobre os projetos para a votação popular.

Além de encontros formativos, participação em cursos e materiais didáticos oferecidos pelo Conviva, as três equipes premiadas farão uma viagem à Colômbia, para conhecer planos inovadores e trocar experiências.

 



Deixe uma resposta aqui