Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Apostamos na força transformadora da educação, conectando pessoas ao conhecimento.

Aporte vai beneficiar as áreas da Saúde e Segurança Alimentar, somando-se às medidas na área da Educação.

A Fundação Telefônica Vivo doou R$16,3 milhões a iniciativas nas áreas de Saúde e Segurança Alimentar para o combate aos efeitos da pandemia causada pela Covid-19. Serão nove estados beneficiados diretamente: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

O aporte para a área da Saúde totalizou R$ 13 milhões em insumos e equipamentos hospitalares, operação que será intermediada pela Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), uma das principais instituições de pesquisa e desenvolvimento em saúde pública. Serão beneficiados os estados do Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Amapá, Acre, além da cidade de Manaus (AM).

Foram investidos ainda R$ 3,3 milhões em Segurança Alimentar para auxiliar na alimentação de crianças em situação de vulnerabilidade e que estão sem merenda escolar. A gestão desta frente contará com o apoio de duas instituições: a Comunitas, organização social que tem foco no investimento social privado em apoio às políticas públicas, e Gerando Falcões, que atua dentro de periferias e favelas.

Imagem mostra Eduardo Lyra do Gerando Falcões ao lado de uma mulher segurando um cartão

Gerando Falcões é um das instituições apoiadoras da iniciativa

Elas serão responsáveis pela distribuição de cestas digitais via cartões alimentação para compra de alimentos para cerca de 60 mil famílias nos Estados do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, além do município de Vitória de Santo Antão (PE).

“Neste momento de combate à Covid-19, é extremamente importante olhar para a sociedade como um todo e acreditar no poder da solidariedade e da união para melhorar esse cenário. Nossas ações visam não só reforçar nosso papel de apoiar a Educação, mas também contribuir para outras áreas essenciais que estão mais vulneráveis neste contexto, como a saúde e a garantia à alimentação”, afirma Americo Mattar, diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo.

Iniciativas em educação e voluntariado

As doações fazem parte de uma série de medidas em prol da sociedade, o que também inclui o fortalecimento da Educação no contexto do isolamento social.

Com as aulas presenciais suspensas na maioria das escolas públicas de todo o país, a Fundação reforça o oferecimento de suas  plataformas digitais para expandir a oferta de formação continuada a educadores, disponibilizando também conteúdos pedagógicos diversos para pais e alunos complementarem a rotina de estudos em casa.

Os colaboradores da Vivo também participam diretamente de ações de voluntariado digital por meio do Game do Bem. A plataforma gamificada, faz parte do Programa de Voluntariado da Fundação e permite a realização de “missões do bem” que geram pontos e são resgatados em prêmio digital convertidos em doação em dinheiro para 29 instituições espalhadas pelo Brasil, o que já totalizou um aporte adicional de R$ 400 mil.

Para saber mais sobre todas as iniciativas da Fundação Telefônica Vivo frente à Covid-19, acesse nossa página.

Fundação Telefônica Vivo doa R$ 16,3 milhões em ações contra a Covid-19
Fundação Telefônica Vivo doa R$ 16,3 milhões em ações contra a Covid-19