Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
ESTUDO ANALISA O IMPACTO DA PROGRAMAÇÃO NA EDUCAÇÃO, EMPREGABILIDADE E MERCADO DE TRABALHO.
BAIXE AQUI

O estudo lançado pela 42 São Paulo é dividido em três trendbooks e avalia o impacto da programação na educação, empregabilidade e mercado de trabalho

Imagem mostra a capa do volume 1, sobre Educação, do estudo Human Coders – Reprogramando futuros. As cores predominantes são preta, rosa e azul claro

Sem dúvida, os códigos assumiram um importante papel nas sociedades digitais. Atualmente, quem fala essa linguagem já dita os caminhos do amanhã. Afinal, a tecnologia está presente em tudo, impactando significativamente a vida cotidiana, a educação e o mercado de trabalho.

Com o intuito de promover um mergulho nesse ecossistema tech, a 42 São Paulo lançou o estudo Human Coders: Reprogramando o Futuro. O projeto foi realizado em parceria com a produtora de conteúdos de impacto Mariposa, e conta com apoio da Fundação Telefônica Vivo, Zup e Itaú.

A série de três livros de tendências — trendbooks — reúne relatórios, pesquisas e análises de especialistas sobre o impacto da programação em três áreas: educação, empregabilidade e mercado de trabalho.

Nesse sentido, os volumes abordam temas como ensino de tecnologia nas escolas, requalificação profissional e alfabetização em futuros e segurança de dados. Além de contar com grandes nomes como Paulo Blikstein, Camila Achutti, Claudio Sassaki, Lúcia Helena Galvão e Bob Wollheim.

Para saber mais sobre o impacto da programação e como ela já determina os rumos do século XXI, confira as três publicações na íntegra. Clique abaixo e faça os downloads gratuitamente:

Volume 1 – Educação

Volume 2 – Empregabilidade

Volume 3 – Mercado de Trabalho

Acesse o estudo Human Coders: reprogramando o futuro
Acesse o estudo Human Coders: reprogramando o futuro