Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Logo EnlighTed está chegando | Dias 19, 20 e 21 de outubro | Inscreva-se agora!

Nesta nova fase, os participantes receberão auxílio no desenvolvimento de suas iniciativas, capacitação em temas de gestão e apoio de um mentor
São Paulo, 25 de abril de 2016 – A Fundação Telefônica Vivo anuncia os 15 microempreendedores que farão parte de seu programa de inovação social, Pense Grande. Os selecionados terão aporte financeiro, além de apoio pessoal e técnico. Do total de iniciativas escolhidas, oito delas estão na região Sudeste – Minas Gerais (3), Rio de Janeiro (3) e São Paulo (2) –, quatro no Nordeste – Pernambuco (2), Ceará (1) e Bahia (1) e três no Norte do País, todas no estado do Pará.
Nesta nova fase, os microempreendimentos em tecnologia digital, que visam solucionar alguma necessidade da comunidade em que estão inseridos, passarão pelo processo de incubação. Os participantes receberão auxílio no desenvolvimento de suas iniciativas via assessoria online e presencial, capacitação em temas de gestão, ações que viabilizem a geração de autoconhecimento e competências empreendedoras, além de apoio de um mentor (empreendedor com experiência) durante o período de seis meses. Os microempreendimentos escolhidos abrangem diversos ramos de atividade, seja por meio de aplicativos, plataformas digitais e lojas online.
“Essa fase é muito importante, pois os selecionados terão a oportunidade de realizar seus trabalhos contando com todo o apoio de gestão técnica para o desenvolvimento dos empreendedores. É neste momento que a Fundação Telefônica Vivo atua no investimento financeiro às iniciativas”, explica Luiz Guggenberger, gerente de Inovação Social e Voluntariado da Fundação Telefônica Vivo.
Projetos

Conectar doadores, bancos de sangue e pacientes para agilizar a captação de novos voluntários à doação é a proposta do projeto Doador Online; um banco de sangue virtual.

Acessibilidade é a palavra-chave do Sistema Global de Posicionamento Acessível (GPSA), cuja missão é proporcionar ao deficiente visual mais independência em relação à mobilidade urbana.

Dois empreendimentos vão concentrar esforços nas áreas de sustentabilidade e resíduos sólidos: o Greenbaby, voltado para a adoção de árvores na Amazônia, e o Vale Sem Silício, que pretende mapear o lixo eletrônico existente no Vale do Jequitinhonha e, ao mesmo tempo, promover investimentos na região, uma vez que o descarte e o consumo estão intimamente ligados.

Já em terceiro setor, o Pelos Social trabalhará em prol da retirada de cães que estão em situação de abandono nas ruas.

“Há diversos projetos interessantes que contarão com o nosso apoio. Além dos já citados, há também empreendedores nas áreas de Educação, E-Commerce, Comunicação, Cultura, Direitos Humanos e Turismo”, ressalta Guggenberger.
Relação dos selecionados para incubação por estado:
Bahia
AfroResça
Ceará
Social Brasilis
Minas Gerais
Pelos Social
Maker Space – Laboratório de desenvolvimento prático
Vale Sem Silício
Pará
Brainpan
GreenBaby
Tipiti
Pernambuco
Ubu Store
Doador Online – Banco de Sangue Virtual
Rio de Janeiro
Bagagem – Fundo de Apoio ao Intercambista Popular
CDD na Web
Movamos – Movimento Nosso
São Paulo
GPSA
EducaNERD
Sobre o Pense Grande
A Fundação Telefônica Vivo acredita na força dos jovens, aliada ao papel transformador das tecnologias, como um potente motor para gerar soluções inovadoras para as comunidades onde vivem. Pensando nisso, criou o Pense Grande, projeto que tem como objetivo empoderar jovens de áreas periféricas para que se tornem agentes transformadores de suas realidades com atitude e protagonismo, fortalecendo assim o ecossistema do empreendedorismo social no Brasil.
O Pense Grande tem como uma das estratégias a formação de jovens em tecnologia e empreendedorismo para o desenvolvimento de projetos de vida; apoio na identificação de oportunidades de empreendimentos em suas comunidades, além de ajudar a prototipar soluções e estruturar planos de negócios; e apoio, por meio de mentoria, para implementar suas soluções.
Sobre a Fundação Telefônica Vivo
Uma Fundação com um pé em tecnologia, o coração na educação e a cabeça focada em inovação. É assim que a Fundação Telefônica Vivo desenvolve seus projetos há 17 anos: utilizando tecnologias de forma inovadora para potencializar a aprendizagem e o conhecimento, contribuindo para o desenvolvimento pessoal e social do Brasil. Suas principais áreas de atuação são Educação e Aprendizagem, Empreendedorismo Social, Voluntariado e estudos sobre Juventude Conectada. O Grupo Telefônica possui fundações em mais 16 países espalhados pela América Latina e Europa.
Telefônica Vivo
Assessoria de Imprensa
Tel. (11) 3430-7020
Contatos para Imprensa:
Grupo CDI Comunicação e Marketing
Fernando Richter  – fernando.richter@cdicom.com.br – (11) 3817-7959
Fabio Rocha  –fabio@cdicom.com.br – (11) 3817-7938
Everton Vasconcelos –  everton@cdicom.com.br – (11) 3817-7947

Fundação Telefônica Vivo escolhe 15 empreendimentos para incubação
Fundação Telefônica Vivo escolhe 15 empreendimentos para incubação