Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Logo EnlighTedDias 19, 20 e 21 de outubro | Assista ao enlightED aqui!

Em parceria com a prefeitura de Manaus, por meio da Semed, “ProFuturo Aula Digital” oferece conteúdos pedagógicos, equipamentos tecnológicos, além de acompanhamento na escola 

Manaus, 20 de abril de 2017 – Mais de 63 mil alunos, do 1° ao 3° ano do Ensino Fundamental, de 140 escolas municipais de Manaus, serão beneficiados com o Profuturo Aula Digital. O projeto lançado na manhã desta quinta-feira, 20, no Auditório da Secretária Municipal de Educação (Semed), é uma iniciativa educacional da Fundação Telefônica Vivo, que visa formar e acompanhar 700 educadores da rede municipal de ensino, desenvolver conteúdos educativos digitais e oferece às unidades de ensino dispositivos tecnológicos, com o objetivo de facilitar o acesso de crianças de entornos vulneráveis à tecnologia e à uma educação mais inovadora. A ação é pioneira no Brasil, mas já acontece em outros países.

O ProFuturo Aula Digital é uma iniciativa global da Fundação Telefônica, que visa melhorar as oportunidades das crianças na África, Ásia e América Latina, incorporando a inovação nas escolas por meio da tecnologia e de novas metodologias de ensino e aprendizagem. Desenvolvido no Brasil exclusivamente pela Fundação Telefônica Vivo, o projeto é baseado em quatro pilares: Formação de professores, Conteúdos Pedagógicos Digitais, Equipamento Tecnológico e Acompanhamento na escola.

“Estamos confiantes de que esse projeto irá potencializar as ações inovadoras que a Secretaria já desenvolve na cidade”, diz Americo Mattar, diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo. “O projeto aproximará as escolas com a temática de inovação educativa, que não só estimula a experimentação de novos processos de ensino e aprendizagem, como também transforma o papel do professor, personaliza o ensino de acordo com o perfil de cada estudante e insere ferramentas tecnológicas na sala de aula, o que motiva o aluno a buscar novos conhecimentos e, consequentemente, o torna um adulto mais protagonista de sua própria vida”, explica Mattar.

Segundo a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, a iniciativa da Fundação Telefônica dá materialidade às ações da secretaria voltadas para ampliar cada vez mais a parceria entre empresa privadas e órgãos públicos, bem como compartilhar com a sociedade a responsabilidade de se fazer educação de qualidade. “Educação é sem dúvida nenhuma a principal política pública porque ela que tem o maior potencial de transformar as pessoas, de formar cidadãos plenos. E quando uma empresa, do porte da Telefônica, entende essa necessidade e tenta contribuir de modo muito qualificado damos passos largos na direção da construção e edificação dessa cidadania”.

Cerca de 700 educadores da cidade, entre professores, gestores escolares e coordenadores pedagógicos, serão formados pelo programa. Cada um deles terá 40 horas de formação presencial, em que serão abordados temas ligados à inovação educativa para ampliação do repertório dos educadores, ferramentas de acompanhamento do processo de aprendizagem personalizado dos estudantes e inspirações para novas experiências educacionais. Também serão disponibilizados conteúdos pedagógicos digitais, um ambiente virtual de aprendizagem colaborativo e intuitivo que combina no mesmo espaço, a gestão das etapas de ensino e aprendizagem de um centro escolar. O sistema conta com uma interface simples com funcionalidades para os diferentes papéis: docentes e estudantes.

Após a etapa de formação em Inovação Educativa, as escolas serão beneficiadas com kits compostos por uma maleta móvel, equipada com notebook e roteador para o professor e tablets para alunos, além de projetor e tela de projeção. As ferramentas digitais trazem uma nova dinâmica para a sala de aula, motivando estudantes e professores com inúmeras possibilidades de ensino e aprendizagem. Os educadores receberão, ainda, visitas regulares de um facilitador do projeto, com o objetivo de acompanhar o processo de aprendizagem e prestar apoio aos educadores em sala de aula com sugestões de atividades e conteúdos.

 

Sobre a Fundação Telefônica Vivo

A Fundação Telefônica Vivo, responsável pelos projetos sociais da Vivo, acredita na Inovação Educativa como forma de inspirar novos caminhos para o desenvolvimento do Brasil a partir da educação. Guiada pela inovação e a disposição em contribuir para a construção de um futuro com mais oportunidades para todos, a Fundação desenvolve projetos que utilizam a tecnologia para gerar novas metodologias de ensino-aprendizagem, estimular o empreendedorismo social e o exercício da cidadania. Com atuação no Brasil desde 1999, faz parte de uma rede formada por outras 17 fundações presentes da Europa e América Latina, integrantes do Grupo Telefónica.

 

Sobre o ProFuturo

A iniciativa global ProFuturo é uma união de Fundacão Telefônica Espanha e Fundación Bancaria “La Caixa”, com a missão de reduzir as desigualdades da educação em países da África, América Latina e Ásia. Atualmente, 50 milhões de crianças não tem acesso a nenhum tipo de educação. Diante desta realidade, a ProFuturo aspira proporcionar educação de qualidade a 10 milhões de crianças em risco de vulnerabilidade social até 2020.

 

Canais:

Web: fundacaotelefonica.org.br

Email: fundacao.br@telefonica.com

Facebook: /fundacaotelefonica

Youtube: /fundacaotelefonica

Instagram: @ft_brasil

Twitter: @ft_brasil

 

Telefônica Vivo

Assessoria de Imprensa

imprensa@telefonica.com

Tel. (11) 3430-7020

Fundação Telefônica Vivo lança, em Manaus,  projeto inovador de educação no País
Fundação Telefônica Vivo lança, em Manaus, projeto inovador de educação no País