Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Logo EnlighTedDias 19, 20 e 21 de outubro | Assista ao enlightED aqui!

A Fundação Telefônica Vivo, em parceria com o Governo de Sergipe, através da Secretaria Estadual de Educação (SEED) de Sergipe, lança hoje o projeto Aula Digital, em regime de colaboração com 25 municípios do estado: Arauá, Aracaju, Areia Branca, Capela, Carmópolis, Cristinápolis, Cumbe, Divina Pastora, Feira Nova, Gararu, Indiaroba, Itabaianinha, Laranjeiras, Malhador, Maruim, Moita Bonita, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Socorro, Poço Verde, Ribeirópolis, Santa Luzia do Itanhi, São Cristóvão, Simão Dias, Siriri e Umbaúba, além de Itabaiana, Graccho Cardoso e Lagarto, que serão beneficiados pelo acordo com o estado. Em evento na manhã desta quarta-feira, 12, em Aracaju, estiveram presentes o diretor presidente da Fundação Telefônica Vivo, Americo Mattar, o governador em exercício Belivaldo Chagas Silva, e secretário de educação do estado Jorge Carvalho, além dos prefeitos e secretários municipais de educação dos municípios beneficiados, a fim de assinar o termo de cooperação do Projeto.

O Aula Digital é uma iniciativa global da Fundação Telefônica, que visa melhorar as oportunidades das crianças na África, Ásia e América Latina, incorporando a inovação nas escolas por meio da tecnologia e de novas metodologias de ensino e aprendizagem. Desenvolvido no Brasil exclusivamente pela Fundação Telefônica Vivo, o projeto é baseado em quatro pilares: Formação de professores, Conteúdos Pedagógicos Digitais, Acompanhamento na escola e Equipamento Tecnológico. Em Sergipe, a iniciativa conta com a parceria do Instituto Paramitas para sua execução e irá beneficiar 18.500 estudantes de 310 escolas, além de formar e acompanhar 775 educadores das redes estadual e municipais de ensino, com o objetivo de fomentar uma educação mais inovadora a crianças de entornos vulneráveis.

“A Fundação Telefônica Vivo trabalha com o conceito de inovação educativa, o que significa que todos os projetos passam pela inovação na aprendizagem, dentro e fora da escola. Neste contexto, acreditamos que oferecer novas ferramentas e formação aos professores e gestores escolares, é uma maneira de potencializar ainda mais as iniciativas de educação que já ocorrem nos municípios envolvidos no projeto”, explica Americo Mattar, diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo.

“Esta parceria estabelecida pelo governo estadual, que possibilitou à SEED integrar-se ao projeto, visa disponibilizar aos estudantes, professores e à sociedade de forma geral mais uma ferramenta que se utiliza de recursos tecnológicos para incentivar a inovação no processo de ensino e de aprendizado, buscando contribuir, consequentemente, com a melhoria da qualidade da educação pública”, pontua Jorge Carvalho, secretário de Estado de Educação.

Os educadores participantes do projeto, entre professores, gestores escolares e coordenadores pedagógicos, receberão até 50 horas de formação presencial, em que serão abordados temas ligados à inovação educativa para ampliação do repertório dos educadores, ferramentas de acompanhamento do processo de aprendizagem personalizado dos estudantes e inspirações para novas experiências educacionais. Também serão disponibilizados conteúdos pedagógicos digitais, um ambiente virtual de aprendizagem colaborativo e intuitivo que combina no mesmo espaço, a gestão das etapas de ensino e aprendizagem de um centro escolar. O sistema conta com uma interface simples com funcionalidades para os diferentes papéis: docentes e estudantes.

Após a etapa de formação sobre práticas inovadoras, as escolas serão beneficiadas com kits tecnológicos compostos por notebook e roteador para o professor e tablets para alunos, além de projetor e tela de projeção. As ferramentas digitais trazem uma nova dinâmica para a sala de aula, motivando estudantes e professores com inúmeras possibilidades de ensino e aprendizagem. Os educadores receberão, ainda, visitas regulares de um facilitador do projeto, com o objetivo de acompanhar o processo de aprendizagem e prestar apoio aos educadores em sala de aula com sugestões de atividades e conteúdos.

Sobre a Fundação Telefônica Vivo A Fundação Telefônica Vivo, responsável pelos projetos sociais da Vivo, acredita na Inovação Educativa como forma de inspirar novos caminhos para o desenvolvimento do Brasil a partir da educação. Guiada pela inovação e a disposição em contribuir para a construção de um futuro com mais oportunidades para todos, a Fundação desenvolve projetos que utilizam a tecnologia para gerar novas metodologias de ensino-aprendizagem, estimular o empreendedorismo social e o exercício da cidadania. Com atuação no Brasil desde 1999, faz parte de uma rede formada por outras 17 fundações presentes da Europa e América Latina, integrantes do Grupo Telefónica.

Sobre o ProFuturo A iniciativa global ProFuturo é uma união de Fundacão Telefônica Espanha e Fundación Bancaria “La Caixa”, com a missão de reduzir as desigualdades da educação em países da África, América Latina e Ásia. Atualmente, 50 milhões de crianças não tem acesso a nenhum tipo de educação. Diante desta realidade, a ProFuturo aspira proporcionar educação de qualidade a 10 milhões de crianças em risco de vulnerabilidade social até 2020.

Sobre o Instituto Paramitas O Instituto Paramitas foi fundado em 2009, idealizado por um grupo de educadores que tinha o desejo de desenvolver ações que contribuíssem para a melhoria da qualidade educativa e social no Brasil. Sua atuação tem como pontos focais a emancipação e o empoderamento digital, aspectos que vão muito além do acesso às tecnologias, visto que demandam apropriação crítica, participação ativa e autoria colaborativa de todos os envolvidos em processos educativos que se desenvolvem atrelados aos meios digitais. Atuam por meio de apoiadores em todo o país e com colaboradores que compartilham dos mesmos ideais, nos setores privados, público e outras organizações do terceiro setor. Realizam vários projetos no setor público estabelecendo parceria com Secretarias de Educação de diversos Estados, como São Paulo, Sergipe, Amazonas, Rio de Janeiro, Bahia, Rondônia, inclusive, com apoio do Ministério da Educação no programa EJA Digital, que foi por ele avaliado e aprovado e consta no Guia de Tecnologias do MEC.

 

Mais informações:

 

Fundação Telefônica Vivo

Web: fundacaotelefonica.org.br

Email: fundacao.br@telefonica.com

Facebook: /fundacaotelefonica

Youtube: /fundacaotelefonica

Instagram: @ft_brasil

Twitter: @ft_brasil

 

Assessoria de Imprensa

imprensa@telefonica.com

Tel. 11 3430-7020

Governo de Sergipe e Fundação Telefônica Vivo levam Aula Digital a municípios
Governo de Sergipe e Fundação Telefônica Vivo levam Aula Digital a municípios