Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Logo EnlighTedRelembre aqui o enlightED 2021

A plataforma, baseada na geolocalização, une estratégias de duas redes sociais: Tinder e Facebook.

Saiba como foi a entrega do projeto e o que educadores e alunos esperam do uso da tecnologia em sala de aula.

Crianças, com olhos fascinados, seguram em mãos os tablets multicoloridos. Enquanto passam os dedos pela tela, elas também manuseiam uma ferramenta para mudar seu futuro e o modo como são educadas. Vitória de Santo Antão, um município campestre em Pernambuco, entra de vez para a era digital, ao receber o laboratório do projeto Escolas Rurais Conectadas, idealizado pela Fundação Telefônica Vivo. O vídeo-reportagem abaixo conta como foi o dia do lançamento (16/03) e o que educadores e alunos esperam do uso da tecnologia em sala de aula.

O projeto Escola Rurais Conectadas leva conectividade e melhoras tecnológicas para as escolas do campo, respeitando suas particularidades pedagógicas. Já são 14 mil escolas conectadas pelo Brasil, e a escola Manoel Domingos, em Vitória de Santo Antão, é uma delas.

Ela está equipada com 150 tablets para os alunos e 120 para os professores. De qualquer lugar da escola e fora de seu perímetro, uma internet de 4G e de 40 Mpbs de velocidade, fornecida pela Qualcomm Incorporated, oferece conectividade contínua para desfrutar ao máximo a tecnologia. Os professores também serão capacitados por especialistas do Centro de Estudos Avançados de Equipe do Recife (CESAR).

Confira o vídeo do lançamento do laboratório Escolas Rurais Conectadas em Sto. Antão
Confira o vídeo do lançamento do laboratório Escolas Rurais Conectadas em Sto. Antão