Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Logo EnlighTed está chegando | Dias 19, 20 e 21 de outubro | Inscreva-se agora!

O curso "Leitura em Voz Alta pelo professor" é um dos mais procurados na plataforma TRILHAS. Por meio dele, os educadores têm acesso a múltiplos conteúdos formativos, que incluem biblioteca com mais de 80 indicações literárias para o uso em sala de aula

#Educadores#Ferramentas#Tecnologias Digitais

Ouvir o professor lendo, contando ou recitando histórias contribui para a formação de um leitor competente e crítico. Foi a partir desta premissa, que a formação Leitura em Voz Alta pelo Professor, do Portal TRILHAS, foi criada. A plataforma oferece também uma biblioteca literária que aponta títulos interessantes e sugere formas de trabalhar o conteúdo com os mais jovens.

O TRILHAS é uma plataforma colaborativa pensada para professores alfabetizadores e estudantes de pedagogia, que desejam aprimorar seus conhecimentos com cursos referenciados pela BNCC. O projeto é uma iniciativa do Instituto Natura em parceria com a Fundação Telefônica Vivo e tem apoio do Instituto Península.

A leitura aproxima as crianças de variados aspectos culturais, assim como descortina um novo olhar para o mundo. O artigo “Aprender a partir da leitura em voz alta dos adultos”, escrito pelas pesquisadoras Ana Teberosky e Angelica Sepúlveda, da Universidade de Barcelona, na Espanha, confirma a riqueza de aprendizados gerados a partir da leitura de histórias. As autoras defendem que a escuta das histórias amplia o repertório de palavras dos estudantes, construindo assim um vocabulário mais rico.

A contação de histórias proporciona ensinamentos práticos a partir do lúdico, desconstruindo estereótipos e reconstruindo identidade. Um exemplo, nesse sentido é o blog “Brincando e Contando“, criado por Marcela Rios – mãe, pedagoga e especialista em literatura infanto-juvenil, busca incentivar o interesse pela literatura nas crianças, ao mesmo tempo em que explora a potência do brincar.

Vale a pena conferir!

A Companhia das Letras fez uma série de vídeos sobre o conhecimento pedagógico em torno da leitura em ambiente escolar. O 2º episódio se debruça sobre a “Leitura em voz alta pelo professor como atividade permanente“.

Lendo em voz alta

Em diálogo com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), o curso “Leitura em Voz Alta pelo professor” promove reflexões acerca do fazer pedagógico e apoia o trabalho de professores no ensino da leitura, escrita e oralidade.

A formação é uma das mais procuradas no portfólio do portal, tendo registrado, em 2020, 44 mil inscrições com 15 mil docentes concluindo o curso. Conta com vídeos, transcrição de conversas literárias e embasamento teórico, sendo dividida em três módulos: Textos Narrativos, Textos Poéticos e Textos Informativos. Cada um apresenta indicações literárias ideais para o uso em sala de aula com as crianças.

“O curso é muito objetivo e bem elaborado”, afirma Ivânia Marques, educadora de Americana (SP). A partir da formação ela passou a praticar a construção de verbetes com alunos da Educação Infantil. “A gente trabalhava o verbete como texto informativo e não como uma construção coletiva. Logo que finalizei o curso, coloquei em prática o que aprendi e mesmo de forma remota deu certo”, relata.

O portal também oferece recursos complementares, como uma biblioteca digital que reúne mais de 80 indicações de livros, desde histórias clássicas até poemas, como meio de apoio ao trabalho didático dos educadores. Em diversas das indicações há também sugestões sobre como trabalhar com as crianças após a leitura.

Dia 27 de fevereiro é comemorado o Dia Nacional do Livro Didático. O livro auxilia o docente na condução das práticas pedagógicas, por isso tem um importante papel no processo de aprendizagem dos alunos.

Para quem se interessou pela formação, não há prazo determinado para as inscrições, mas uma vez iniciado o curso, o educador terá 60 dias para a sua conclusão. A certificação é emitida pelo Centro Universitário Braz Cubas para uma carga horária de 45 horas.

Indicações literárias da biblioteca do TRILHAS

Confira algumas indicações literárias da biblioteca no Portal TRILHAS para ler em voz alta com a turma – seja de forma online ou presencial:

Bichos do lixo (Ferreira Gullar)

Bichos do lixo é um dos livros didáticos indicados pela biblioteca do Portal TRILHAS; na capa tem fundo amarelo e traz desenhos que remetem a jacarés em meio a detritos.

Neste livro, ganhador do prêmio máximo da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil em 2014, o autor reúne pedaços de envelopes, convites, propagandas, e os espalha nas páginas ao acaso, com inventividade, liberdade e poesia. Aos poucos, nascem bichos fantásticos daquilo que os outros consideram lixo. O livro também se transforma em um convite para um exercício de invenção.

ABCDinos (Celina Bodenmüller e Luiz E. Anelli)

ABCDinos é um dos livros didáticos indicados pela biblioteca do Portal TRILHAS; a capa tem fundo verde que remete a vegetação de uma floresta e em destaque um dinossauro laranja e de pescoço bem comprido.

Um abecedário poético com 26 poemas e uma pílula informativa sobre dinossauros que habitaram diversas partes do planeta. No final do livro há um mapa que indica os locais onde seus fósseis foram encontrados. O livro conta como eram os dinossauros, onde e como viviam, o que comiam e muito mais.

Histórias de bichos brasileiros (Vera do Val)

Histórias de bichos brasileiros é um dos livros didáticos indicados pela biblioteca do Portal TRILHAS; a capa traz um desenho de um bicho que parece ser um tucano, com penas coloridas em azul, laranja e rosa.

Macacos, onças, jabutis, veados, coelhos, cotias, tartarugas são personagens frequentes dos contos populares brasileiros. Neste livro, a autora reconta algumas dessas histórias com linguagem fluente e graciosa, dando vida e voz humanas aos animais.

Biblioteca digital indica livros didáticos para leitura em voz alta com crianças
Biblioteca digital indica livros didáticos para leitura em voz alta com crianças