Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
ESTUDO ANALISA O IMPACTO DA PROGRAMAÇÃO NA EDUCAÇÃO, EMPREGABILIDADE E MERCADO DE TRABALHO.
BAIXE AQUI

A tecnologia tem sido fundamental para engajar recursos em apoio a diferentes causas e mobilizações. Saiba como criar uma campanha de doação on-line

#ProgramadeVoluntariado#Voluntariado#VoluntariadoDigital

Imagem mostra ilustração onde há quatro pessoas em volta de uma tela branca. Dentro da tela, há uma mão segurando um celular com a palavra “doe” em sua tela. Há a um globo com seis corações ao seu redor; e também a ilustração de uma tela de computador.

A tecnologia pode ser uma grande aliada do voluntariado. Durante a pandemia, por exemplo, o número de doações feitas pela internet apresentou crescimento no Brasil. Dessa forma, diversas campanhas de doação on-line ou de arrecadação de itens foram criadas em benefício de pessoas necessitadas.

Afinal, na impossibilidade de realizar uma ação presencial, as campanhas de doação on-line são uma alternativa para praticar a solidariedade. Além disso, possibilitam o apoio a causas de qualquer lugar do mundo. Do mesmo modo, podem fazer com que uma causa local alcance uma abrangência maior do que o esperado.

A guerra da Ucrânia ou mesmo as enchentes causadas pelas chuvas em algumas cidades brasileiras despertaram em muita gente o desejo de oferecer apoio. Nesse sentido, o voluntariado digital entrou em cena para fazer a diferença.

Conheça o exemplo da Frente BrazUcra e inspire-se para colocar em prática a sua ideia de apoio a uma causa da sua comunidade, criando uma campanha de doação.

Solidariedade que ultrapassa fronteiras 

Foi nas redes sociais que os brasileiros Clara Magalhães e Rodolfo Caires criaram a Frente BrazUcra para ajudar a resgatar brasileiros que estavam na Ucrânia.

No dia em que a guerra da Rússia contra a Ucrânia teve início, Clara, que mora na cidade de Leipzig, no leste da Alemanha, não pensou duas vezes e decidiu oferecer sua casa como abrigo aos refugiados brasileiros.

De acordo com ela, a frente BrazUcra surgiu a partir de uma postagem em um grupo no Facebook formado por brasileiros que vivem na Ucrânia.

“Resolvi oferecer hospedagem para quem precisava. Então, outros brasileiros pela Europa nos procuraram para também oferecer suas casas como abrigo. No mesmo dia, surgiram vários pedidos de resgate, e nós partimos para encontrar essas pessoas”, detalha.

Como resultado, o grupo de voluntários passou a oferecer apoio a pessoas de qualquer nacionalidade que buscassem por refúgio. Assim sendo, cerca de 102 pessoas já foram resgatadas pelo Frente BrazUcra. E diante da repercussão desse trabalho nas redes sociais, outros tipos de apoio surgiram em outras urgências de guerra.

Tecnologia como aliada para campanhas de doação on-line 

O grupo criou uma “vaquinha on-line em uma plataforma para angariar recursos para quem precisava se deslocar pelas cidades da Ucrânia em busca de um ponto de fuga.

Desse modo, o que começou como um conjunto de voluntários dispostos a ajudar brasileiros na Ucrânia se tornou um grupo de ajuda humanitária reconhecido em diferentes países. Por consequência, a missão ganhou um novo formato para apoiar pessoas que não desistem de reconstruir suas vidas no país atingido pela guerra.

“As doações diminuíram um pouco. Mas continuamos com a ajuda humanitária comprando alimentos, remédios e usando para os gastos com hospedagens. A maior parte do dinheiro arrecadado vai para a compra de itens para quem está na Ucrânia”, esclarece a fundadora do Frente BrazUcra.

Para ela, a tecnologia foi fundamental para que o grupo conquistasse rapidamente o alcance e o apoio necessário para a causa.

“De fato, a tecnologia é o que nos permite chegar a várias pessoas, em diferentes lugares do Brasil e do mundo. Por isso, afirmo que se não fosse pela tecnologia não iríamos receber o dinheiro e toda ajuda de forma tão rápida”, destaca.

Assim também as redes sociais são usadas para quem deseja acompanhar as ações do grupo. No Telegram há uma conta dedicada à informações para a imprensa. No Instagram, é possível acompanhar as atualizações do trabalho por meio de fotos e vídeos.

O Frente BrazUcra já conta com mais de 1.200 voluntários e tem até lista de espera de pessoas que querem fazer parte como voluntárias. Os interessados em atuar nessa causa podem realizar um cadastro on-line.

Campanhas de doação on-line: como começar? 

Doações de recursos serão sempre necessárias para que exista menos desigualdades e mais apoio ao combate de diferentes problemas sociais e emergenciais. Desse modo, se há demandas, há também quem queira contribuir com campanhas de doação on-line ou mobilizações para ajudar quem precisa.

Por isso, se você tem interesse em criar e mobilizar uma campanha de doação, confira algumas dicas:

  1. Comece a engajar amigos, conhecidos e familiares.
  2. Ao escolher uma plataforma de financiamento coletivo, verifique os tipos de arrecadação permitidos por ela. Confirme se há cobrança de taxas, avalie as facilidades oferecidas e a segurança da ferramenta. Afinal, os doadores farão transações on-line pelo site escolhido por você.
  3. Aproveite o potencial das redes sociais. Crie uma página sobre a sua causa e alimente-a com informações, deixando sempre atualizada.
  4. Apresente de forma clara o problema que a sua campanha busca resolver e como o trabalho para essa causa é importante e precisa de apoio.
  5. Torne sempre transparente e visível o resultado da doação e as ações realizadas com ela.

Fontes: Blog Doação legal e Blog Abacashi

Como usar a tecnologia para criar campanhas de apoio a uma causa?
Como usar a tecnologia para criar campanhas de apoio a uma causa?