Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Logo EnlighTedRelembre aqui o enlightED 2021

A solidariedade dos 5.251 voluntários ajudou a transformar a realidade das instituições participantes do Dia dos Voluntários Telefônica Vivo

#ProgramadeVoluntariado#Voluntariado#VoluntariadoDigital

Placa com a frase: essa instituição foi beneficiada com o Programa de Voluntariado da Fundação Telefônica Vivo 2021

De norte a sul do país, o Dia dos Voluntários Telefônica Vivo (DVT), realizado em 8 de outubro, cumpriu o seu papel de impactar a vida de milhares de pessoas. Neste dia, foram realizadas diversas atividades em 64 projetos de 55 cidades brasileiras. E todas as ações aconteceram por meio do voluntariado digital. Mesmo a distância, os 5.251 voluntários conseguiram tocar o coração das pessoas, interagir , realizar atividades e se emocionar com a prática da solidariedade.

Assistência Social, Diversidade, Saúde e Educação são as principais causas das instituições que participaram este ano do DVT. Entretanto, 61% dos projetos beneficiados tiveram como foco a educação.

“Conseguimos fazer uma diferença enorme através das telas, realizando workshops e oficinas usando as nossas competências. Conectamos o nosso coração com essas pessoas, com toda segurança e usando o mundo digital. Afinal, nosso propósito de digitalizar para aproximar está totalmente conectado às ações do DVT deste ano. Gratidão a cada voluntário e a cada instituição e pessoas que abriram seus corações e espaços para que pudéssemos entrar”, declara Americo Mattar, diretor presidente da Fundação Telefônica Vivo.

 

Mercado de trabalho

Em Marabá (PA), a Obra Kolping do Brasil oferece cursos profissionalizantes para jovens. Informática, Auxiliar Administrativo e Corte e Costura são algumas das opções. Entre as ações realizadas na instituição, os alunos participaram de palestras sobre mercado de trabalho, educação sexual, entre outras, quando puderam esclarecer as suas principais dúvidas sobre os temas.

“Na palestra sobre mercado de trabalho no século XXI, também realizamos atividades em que foram simuladas entrevistas de emprego. Percebemos a felicidade dos voluntários ao participar, por se sentirem úteis nas atividades compartilhando conhecimento”, afirma Raabe Paiva do Carmo, embaixadora do Comitê de Voluntariado de Marabá.

 

Ajudando a construir o futuro 

Na Associação Obra do Berço, de São Paulo (SP), a principal ação desenvolvida com os jovens assistidos pela instituição foi o “Plano de Voo”. O objetivo foi ajudá-los a pensarem em quais caminhos devem seguir para chegar em seus objetivos e decolar com seus sonhos. Foram feitas reflexões, por exemplo, sobre como mapear o que existe de melhor em cada um, por meio de suas experiências pessoais e habilidades.

“Houve bastante engajamento dos voluntários em todas as ações realizadas. Nossos voluntários estavam mega empolgados porque entenderam que as atividades teriam uma devolutiva de muito impacto aos jovens. Foi emocionante de ver!”, afirma Michelle Soares, embaixadora do Comitê de Voluntariado de São Paulo – Obra do Berço.

 

Os jovens, crianças e adultos com deficiência intelectual ou física atendidos pela Associação Renascer, de São José do Rio Preto (SP), ficaram animados com as ações do DVT.  Em uma palestra, eles receberam dicas para uma entrevista de emprego e orientações sobre as responsabilidades que cada pessoa deve ter no ambiente de trabalho.

“É muito gratificante ver que o DVT realmente transforma e faz o pessoal refletir os valores da vida”, declara Fabrizio Spegiorin Bijotti, embaixador do Comitê de São José do Rio Preto.

 

 

Solidariedade em prol do futuro da mulher 

A AFESU é uma das primeiras instituições do Brasil criada com a missão de qualificar e inserir mulheres no mercado de trabalho. No Dia dos Voluntários, as meninas e mulheres assistidas pela ONG em duas unidades tiveram uma agenda cheia de atividades que as ajudaram a pensar no futuro.

Na AFESU Taboão (SP), entre as atividades do dia, foi apresentada palestra sobre educação financeira. O conteúdo fez as jovens refletirem sobre a importância de investir nos estudos para realizarem os sonhos. Além disso, mostrou a elas a diferença que há entre o preço e o valor das coisas.

Também realizamos as ‘cartas do coração’, em que as meninas escreveram seus grandes sonhos em uma carta e os voluntários responderam direcionando esse sonho. Até agora estamos recebendo feedbacks bem legais”, conta Paulo Evaristo, embaixador do Comitê de Voluntariado Afesu 2 – Taboão.

 

Já na AFESU Pedreira (SP) os voluntários promoveram ações como a construção de um glossário com termos feministas; venda de produtos do bazar, cadastro de notas fiscais entre outras. O comitê de voluntariado também conseguiu a doação de absorventes reutilizáveis para disponibilizar para as jovens atendidas, e de equipamentos para o laboratório maker, com o intuito de promover a inserção de mulheres na área de tecnologia.

Para incentivar o empoderamento feminino, foram realizadas leituras sobre figuras como a ativista Malala. E a empresária Rachel Maia gravará um vídeo especial para responder as perguntas que as jovens fizeram sobre o tema e a sua trajetória inspiradora e de sucesso.

“A experiência foi marcante por ser um projeto que trabalha exclusivamente com mulheres. E por ir além de uma capacitação técnica pura, mas para entender que aquela assistida precisa de apoio emocional e que a família precisa estar engajada no processo”, comenta Karina Tiemy, embaixadora do Comitê de Voluntariado de São Paulo – Afesu Pedreira.

“Praticar o voluntariado é importante porque ele abre a sua mente. Tira você do seu mundo e te conecta com pessoas, realidades diferentes. Você conhece melhor seus colegas de trabalho fora do dia a dia. Além disso.,contribui para uma sociedade mais justa”, conclui o embaixador Paulo Evaristo.

Educação foi a principal causa atendida pelo Dia dos Voluntários em 2021
Educação foi a principal causa atendida pelo Dia dos Voluntários em 2021