Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
PESQUISA EXCLUSIVA REVELA OS DESEJOS E NECESSIDADES DOS JOVENS DO ENSINO MÉDIO.
BAIXE AQUI

O curso “Sustentabilidade: agir no presente para melhorar o futuro” aborda a capacidade de equilibrar as necessidades para um futuro melhor. Saiba detalhes!

#Cursos#Educadores#Escolasconectadas

Imagem mostra em primeiro plano uma mesa com quatro caixinhas de madeira que parecem ser cofrinhos. Em uma delas, uma menina está depositando um pequeno cartão com a ilustração de garrafas. É possível ver uma mulher ao lado da menina apoiando-a em sua ação, como consequência do curso sobre sustentabilidade.

Sustentabilidade é um tema cada vez mais debatido pela sociedade, devido às necessidades de mudanças de atitude para a construção de um mundo mais equilibrado. Mas como os professores podem abordar o tema em sala de aula? Nesse sentido, um curso sobre sustentabilidade pode ser uma excelente oportunidade para que os profissionais de educação ampliem suas ferramentas de ensino.

A fim de ajudar os professores a planejarem aulas com essa temática, a plataforma Escolas Conectadas lançou o curso “Sustentabilidade: agir no presente para melhorar o futuro”. São 20 horas de duração e as aulas terão início no dia 14 de março. As inscrições estão abertas e podem ser feitas, gratuitamente, no site da plataforma Escolas Conectadas.

O curso sobre sustentabilidade é voltado para educadores e aborda um tema presente na Base Nacional Comum Curricular. Dessa maneira, propõe uma imersão em estratégias para a inserção de práticas sustentáveis no cotidiano dos alunos.

Além disso, oferece o jogo digital “Pesca Sustentável – Escolas”, para que os estudantes integrem estratégia, diversão e conhecimento dos ecossistemas aquáticos enquanto fazem a relação das dimensões ambiental, social e econômica do tripé da sustentabilidade.

“O curso apoia os educadores ao favorecer a compreensão e a aplicação de práticas sustentáveis por parte dos estudantes de maneira articulada à abordagem de tópicos contemporâneos fundamentais. Entre eles, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, as possibilidades pedagógicas da Década da Ciência Oceânica, promulgada pela UNESCO, a economia circular e o combate ao desperdício de alimentos” afirma a Dra. Juçara Bordin, uma das autoras do curso.

Competência da BNCC 

Responsabilidade e Cidadania é a décima competência da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Sobretudo, ela aborda a sustentabilidade como uma forma de construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

“O tema da sustentabilidade é base para o desenvolvimento humano em múltiplas perspectivas, o que justifica sua presença ao longo da BNCC. Não apenas nas competências gerais, como também nas competências das áreas e dos componentes curriculares específicos. Contudo, além de garantir a preservação do planeta, é um dos pilares de condutas éticas, responsáveis e empáticas”, comenta Juçara Bordin.

A fim de conscientizar os educadores sobre a importância da sustentabilidade ambiental e social como uma urgência para a subsistência humana, a competência busca a reestruturação de hábitos e costumes culturais.

Dentre os objetivos da competência também está a expansão do senso ético e de responsabilidade quanto ao consumo de recursos naturais e diminuição dos impactos ambientais.

Assim sendo, por meio de pesquisas, estudos e atividades práticas o educador pode estimular em sala de aula o debate sobre velhos hábitos. Dessa maneira, estimular os estudantes a refletirem sobre as demandas ambientais.

Sustentabilidade para um futuro melhor 

Por certo, muito além de discursos, o desenvolvimento sustentável é fundamental para a preservação do ambiente para as futuras gerações.

De acordo com uma pesquisa do Instituto Ipsos, realizada em 2020, o Brasil está em terceiro lugar entre os  países nos quais as ações governamentais em prol do meio ambiente deveriam ser priorizadas após a pandemia.

Mas para que a sustentabilidade realmente exista, é necessário que haja equilíbrio entre seus três pilares: econômico, ambiental e social.

Seja como for, a natureza e seus recursos são primordiais para a vida humana. E a sustentabilidade é o caminho para a preservação desses recursos por várias gerações.

Formação continuada para educadores: novo curso sobre sustentabilidade
Formação continuada para educadores: novo curso sobre sustentabilidade