Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Logo EnlighTedDias 19, 20 e 21 de outubro | Assista ao enlightED aqui!

Em comemoração ao Dia Nacional do Livro, uma lista de quatro aplicativos e plataformas que podem ajudar crianças e adolescentes a lerem mais

Em comemoração ao Dia Nacional do Livro, confira uma lista de quatro aplicativos e plataformas que podem ajudar crianças e adolescentes a lerem mais

No dia 29 de outubro, comemorou-se o Dia Nacional do Livro. A data homenageia a fundação da primeira biblioteca no país.

Em 1810, Portugal transferiu para a cidade do Rio de Janeiro um rico acervo literário, composto por mais de 60 mil objetos, entre livros, manuscritos e outros itens, como medalhas e moedas. Hoje, a Biblioteca Nacional é considerada pela UNESCO uma das dez maiores bibliotecas do mundo, e também a maior da América Latina.

Mais de 300 anos depois, o Brasil ainda é um país com poucos hábitos de leitura. Segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil 2016, realizada anualmente pelo Instituto Pró-Livro e com apoio do Ibope, 44% da população não é leitora, sendo que 28% dessa parcela declara não gostar de ler. Em comparação, a mesma população é consumidora de televisão, com 73% do público escolhendo o meio de comunicação para passar o tempo ocioso. Ainda que os números tenham apresentado uma ligeira melhora com relação à pesquisa do ano anterior, os índices ainda são baixos.

Se os hábitos do leitor e do não leitor são cada vez mais afetados pela tecnologia, as ferramentas digitais, como aplicativos e plataformas, podem ser potentes aliadas na construção de novos hábitos de leitura, principalmente para crianças e adolescentes que passam boa parte do dia interagindo com o celular ou na frente do computador.

Confira quatro dessas ferramentas que apostam na interatividade digital e nos hábitos do consumidor brasileiro para formar uma nova geração de leitores:

Monstros vs Robôs
O designer gaúcho Leonardo Amora sentia que para fazer crianças pequenas começarem a desenvolver hábitos de leitura, era necessário usar as mesmas ferramentas que elas.
Assim, ele criou o livro digital Monstros vs Robôs. Na história, que pode ser lida tanto em português quanto em inglês, a diversão fica por conta de jogos que aparecem à medida que o leitor se aventura pelo enredo. As interações não exercitam somente a capacidade de leitura, mas também a lógica e a coordenação motora. Disponível para Android e iOS.
.

Árvore de Livros
Um bom lugar para se cultivar hábitos de leitura é a escola. Foi pensando nisso que o empreendedor João Leal criou a ferramenta Árvore de Livros. Ela permite que alunos tenham acesso a uma imensa biblioteca digital a partir de qualquer dispositivo tecnológico, como smartphones ou computadores. Em contrapartida, educadores podem acompanhar o progresso de leitura dos estudantes, conseguindo montar um diagnóstico que os ajude a aumentar o hábito de consumir livros. Mais de 800 instituições de ensino já utilizam a ferramenta.
.

Leiturinha Digital
Uma equipe de psicólogos, educadores e pais é responsável pela curadoria do aplicativo Leiturinha Digital. Por uma pequena mensalidade, crianças até 12 anos contam com uma biblioteca digital com mais de 800 títulos para acessar de qualquer aplicativo.
A ideia é que, mediante uma gama de títulos à sua disposição, apropriados para cada faixa etária, as crianças deem início em seu percurso enquanto leitores. A plataforma também conta com vídeos de contação de histórias e um sistema de indicação.
.

Arkos
Para atrair novos leitores, os pedagogos Odair Celestino Artmann e Bruno Kosinski perceberam que deviam se apropriar de novas linguagens e da potência da tecnologia para estimular o interesse das crianças. Surgiu assim a Arkos, plataforma digital que utiliza a linguagem da gamificação para tornar a leitura mais atrativa. Focado inicialmente para crianças da 2ª a 5ª série do Ensino Fundamental, a plataforma se apropria de conceitos de jogos como rankings, pontuações, desafios e recompensas para incentivar os alunos a ler.

Dia Nacional do Livro: confira quatro ferramentas digitais para os pequenos leitores
Dia Nacional do Livro: confira quatro ferramentas digitais para os pequenos leitores