Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
ESTUDO ANALISA O IMPACTO DA PROGRAMAÇÃO NA EDUCAÇÃO, EMPREGABILIDADE E MERCADO DE TRABALHO.
BAIXE AQUI

A Fundação Telefônica anunciou os ganhadores do concurso VIDA 13.0, que ocorreu ao longo de 2010, com o objetivo de revelar obras de arte e vida artificial.

VIDA 13.0 tinha como objetivo revelar obras de arte e vida artificial

A Fundação Telefônica da Espanha anunciou os ganhadores do concurso internacional VIDA 13.0, que ocorreu ao longo de 2010, com o objetivo de revelar obras de arte e vida artificial. Um total de 1.280 projetos já foi inscrito ao longo das 13 edições do concurso, utilizando recursos tecnológicos como a robótica autônoma, os algoritmos caóticos, os vírus informáticos, a biotecnologia, os contornos virtuais e a escultura sonora.
Nesta edição, concorreram 285 projetos, que foram apresentados por artistas de 39 países, dos quais 135 eram procedentes do continente americano, 132 vieram da Europa e o restante dos demais da Ásia e Oceania. O brasileiro Bruno Viana foi um dos ganhadores na categoria de Incentivos à Produção, com o projeto “Liquid Satellite Garden”. Essa categoria tem como objetivo financiar projetos não realizados, ou seja, possibilitar sua produção. Viana concorreu com outros 128 artistas.
Na categoria principal, de projetos finalizados, o destaque ficou para a grande participação dos Estados Unidos e Espanha. Concorreram, pela primeira vez, países como Indonésia, Coréia, Índia, Rússia e República Checa. Os três primeiros prêmios foram para artistas da Itália, México e Nova Zelândia. Sete artistas receberam menções honrosas.
O primeiro lugar, conferido à italiana Sonia Cillari, refere-se ao projeto “Sensitive to Pleasure”. Trata-se de uma performance interativa que propõe a percepção do corpo através de complexas interfaces físicas. A seleção dos vencedores for feita por um júri internacional, formado pelos especialistas Jose Carlos Mariátegui (Peru),  Nell Tenhaaf (Canadá), Rodrigo Alonso (Argentina), Simon Penny (EUA/Austrália), Zhang Ga (EUA/China) e Francisco Serrano (Diretor Geral da Fundação Telefônica).

Fundação Telefônica anuncia vencedores do concurso internacional VIDA 13.0
Fundação Telefônica anuncia vencedores do concurso internacional VIDA 13.0