Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Logo EnlighTed está chegando | Dias 19, 20 e 21 de outubro | Inscreva-se agora!

A Fundação Telefônica e a Organização Educação, Ciência e Cultura (OEI) premiaram uma professora por uma inovação pedagógica. Confira!

Fundação Telefônica e OEI premiam professora brasileira por inovação pedagógica

A Fundação Telefônica e a Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) anunciaram os ganhadores da terceira edição do Prêmio Internacional de Educação e TIC Fundação Telefônica-OEI. Na modalidade Individual, a vencedora foi a professora Léa da Cruz Fagundes, doutora em Psicologia Escolar e Desenvolvimento Humano, no campo da educação na era digital. Docente no programa de pós-graduação de Informática na Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, ela é a primeira brasileira a receber o prêmio.

Para a escolha da professora, que é também coordenadora de pesquisa no Laboratório de Estudos Cognitivos da UFRS e assessora do Ministério da Educação, foram levados em consideração o nível de projeção ou prestígio nacional ou internacional, a adequação de sua trajetória ao objetivo de integrar as Tecnologias da Informação e Comunicação na educação e os projetos de investigação teórica ou experimental relacionados a essa temática, entre outros critérios.

O prêmio, que possui também a modalidade Institucional, procura destacar as trajetórias mais relevantes por seu valor na inovação pedagógica, através da incorporação das TIC, contribuindo de forma substancial para a melhoria da qualidade da educação. São destacadas tanto organizações e empresas como pessoas da região ibero-americana.

No âmbito institucional, o vencedor do prêmio é o ENLACES – Centro de Educação e Tecnologia do Ministério da Educação do Chile, por haver conseguido melhorar a qualidade da educação chilena através das TIC e desenvolver uma cultura digital.

A premiação consiste em uma obra do artista Antoni Muntadas para os ganhadores em cada uma das modalidades, e em uma dotação financeira de 6.000 euros para o premiado na categoria individual. A entrega dos prêmios ocorrerá durante a primeira jornada do Congresso Ibero-americano de Educação, que acontecerá entre 13 e 15 de setembro em Buenos Aires, e contará com a participação de ministros de educação e cultura de países da região.

O evento, organizado pela OEI juntamente com o Ministério da Educação da Argentina e Secretaria Geral Ibero-americana (SEGIB), será realizado sob o slogan “Um congresso para considerar toda a educação que queremos”. O evento conta com o apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID).

A Fundação Telefônica vai participar em duas sessões: “Escolas na sociedade da informação” e “TIC e aprendizagem escolar”. A primeira será realizada sob a presidência de Javier Nadal, vice-presidente executivo da Fundação Telefônica da Espanha, e contará com a presença, entre outros especialistas, de Roberto Carneiro, ex-Ministro da Educação de Portugal.

Sobre a Fundação Telefônica
A Fundação Telefônica gerencia a maior parte da Ação Social e Cultural do Grupo Telefônica no mundo, demonstrando seu compromisso com as sociedades junto às quais atua. A instituição está presente na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Equador, El Salvador e Venezuela e também desenvolve programas junto a operadoras locais da Telefônica na Guatemala, Nicarágua, Panamá e Uruguai. No Brasil, foi criada em 1999 e atua para o desenvolvimento social, através da consolidação dos direitos das crianças e dos adolescentes. Desde o início de sua atuação, mais de 500 mil pessoas já foram beneficiadas direta ou indiretamente pelos projetos que desenvolve, por meio dos programas EducaRede,  Pró-Menino, Arte e Tecnologia e Voluntários Telefônica.
O post Fundação Telefônica e OEI premiam professora brasileira por inovação pedagógica apareceu primeiro em Notícias da Fundação Telefônica.

Fundação Telefônica e OEI premiam professora brasileira por inovação pedagógica
Fundação Telefônica e OEI premiam professora brasileira por inovação pedagógica