Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
ESTUDO ANALISA O IMPACTO DA PROGRAMAÇÃO NA EDUCAÇÃO, EMPREGABILIDADE E MERCADO DE TRABALHO.
BAIXE AQUI

Nove instituições sociais de São Paulo receberam da Fundação Telefônica a quantia de R$ 10 mil, cada, ao tornarem-se vencedoras do 6º Concurso de Projetos Sociais do Programa Voluntários Telefônica. A iniciativa é realizada anualmente e cabe aos empregados do Grupo indicar a participação de organizações em que atuem de maneira voluntária. Neste ano, foram realizadas 40 inscrições por parte de aproximadamente 200 empregados, que se organizaram em equipes para a indicação.
A iniciativa oferece capacitação para a aplicação e gestão dos projetos propostos e as três organizações que mais se destacaram no período receberam prêmio extra de R$ 10 mil, para ações de fortalecimento da gestão e da atividade-fim. São elas: a ACER – Associação de Apoio à Criança em Risco, de Diadema; o Centro de Assistência e Promoção Social Nosso Lar, da Zona Leste de São Paulo; e o Centro para Criança e Adolescente do Jardim Boa Vista, também da Capital.
O Concurso de Projetos foi concebido com o intuito de reconhecer e estimular a atuação de instituições da sociedade civil, bem como possibilitar que os empregados que já são voluntários nessas organizações tenham uma oportunidade de atuar. Com o apoio do FICAS, consultoria especializada no fortalecimento de ONGs, a Fundação Telefônica fez a seleção a partir de critérios que envolveram coerência e relevância do projeto, capacidade de otimização dos recursos financeiros e abrangência da rede de relacionamento das organizações, entre outros.
A maioria dos projetos premiados se referia a melhorias ou implantação de laboratórios de informática. Outros solicitavam reformas ou manutenção do próprio espaço ou ainda a intenção de ampliar o acesso cultural dos beneficiários e de receber orientação visando ao fortalecimento institucional.
Sobre o programa Voluntários Telefônica
O Programa Voluntários Telefônica é coordenado pela Fundação Telefônica e pelas áreas de Comunicação e Recursos Humanos da empresa. São desenvolvidas ações que estimulam e permitem o envolvimento dos empregados em cinco linhas de atuação, que incluem doações aos Fundos da Infância e da Adolescência, campanhas para doação de sangue, agasalhos, brinquedos entre outras, capacitações, apoio a projetos em que os empregados já são voluntários, e o Dia dos Voluntários. O programa possui mais de 4.000 empregados inscritos e participando regularmente das atividades.

 

Sobre a Fundação Telefônica
A Fundação Telefônica gerencia a maior parte da Ação Social e Cultural do Grupo Telefônica no mundo, demonstrando o compromisso da empresa com as sociedades junto às quais atua. A instituição está presente na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Peru, Equador, El Salvador e Venezuela e também desenvolve programas junto a operadoras locais da Telefônica na Guatemala, Nicarágua, Panamá e Uruguai. No Brasil, foi criada em 1999 e atua para o desenvolvimento social, através da consolidação dos direitos das crianças e dos adolescentes. Desde o início de sua atuação, mais de 500 mil pessoas já foram beneficiadas direta ou indiretamente pelos projetos que desenvolve, por meio dos programas EducaRede,  Pró-Menino, Arte e Tecnologia e Voluntários Telefônica.

Fundação Telefônica premia instituições selecionadas por empregados do Grupo Telefônica
Fundação Telefônica premia instituições selecionadas por empregados do Grupo Telefônica