Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Logo EnlighTedRelembre aqui o enlightED 2021

O Prêmio Internacional Vida 12.0, da Fundação Telefônica da Espanha, premiará obras artísticas desenvolvidas com tecnologias de vida artificial. Saiba mais!

A Fundação Telefônica premiará obras artísticas desenvolvidas com tecnologias de vida artificial
Já estão abertas as inscrições para o Prêmio Internacional Vida 12.0, da Fundação Telefônica da Espanha, que premiará obras artísticas desenvolvidas com tecnologias de vida artificial e suas associadas, como robótica ou inteligência artificial, que reajam em seu entorno e que pareçam ter vida própria. Neste ano, serão distribuídos 80 mil euros em prêmios, sendo 40 mil para a categoria das três melhores obras finalizadas e outros 40 mil como incentivo à produção de projetos não realizados.

Todo o material deverá ser entregue até 30 de setembro, na sede da Fundação Telefônica do Brasil, à avenida Brigadeiro Faria Lima, 1.188, cj 33/34, Pinheiros – CEP 01451-001 – São Paulo – SP ou enviado diretamente à sede em Madri, à Calle Gran Vía, 28 -7ª Planta 28013. Mais informações podem ser obtidas no endereço www.fundacion.telefonica.com/vida  ou através do e-mail vida@telefonica.es

Nos anos anteriores, foram premiados projetos artísticos realizados com robôs, avatares eletrônicos, algoritmos caóticos, knowbots, celulares autômatos, vírus informáticos, ecologias virtuais que evoluíram com a interação dos participantes, arquiteturas interativas, obras de realidade aumentada e trabalhos que aprofundaram aspectos sociais da vida artificial. Os ganhadores serão selecionados por um júri internacional.

O post Fundação Telefônica premiará obras artísticas desenvolvidas com tecnologias de vida artificial apareceu primeiro em Notícias da Fundação Telefônica.

Fundação Telefônica premiará obras artísticas desenvolvidas com tecnologias de vida artificial
Fundação Telefônica premiará obras artísticas desenvolvidas com tecnologias de vida artificial