Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Logo EnlighTed está chegando | Dias 19, 20 e 21 de outubro | Inscreva-se agora!

Um filme e um projeto educacional mostram como a ferramenta do gigante de buscas podem nos ajudar a redescobrir o mundo

Imagem mostra o ator Dev Patel olhando para um computador em cena do filme Lion

Um filme e um projeto educacional mostram como a ferramenta do gigante de buscas podem nos ajudar a redescobrir o mundo.

O Google Earth é uma plataforma e aplicativo do Google de mapas em três dimensões. Ele permite passear virtualmente por qualquer lugar do planeta, graças às imagens capturadas por satélite. O programa pode ser baixado gratuitamente em português nas versões Windows, Mac, Linux, Android e iOS.

Em 1986, quando tinha cinco anos de idade, o indiano Saroo Brierley foi parar na cidade indiana de Calcutá após cochilar na viagem de trem e perder seu ponto de descida. Sem saber explicar onde morava, o garoto viveu nas ruas da megalópole por meses, até o dia em que foi levado para um orfanato e acabou sendo adotado por um casal australiano.
Mesmo com a passagem do tempo, a vontade de encontrar os pais biológicos nunca desapareceu. Por três anos, Brierley usou o Google Earth para ver todas as linhas de trem da Índia, buscando reconhecer a estação da cidadezinha de onde morava a partir das vagas lembranças da infância. Ele percorreu virtualmente mais de 10 mil estações ferroviárias.
Até que, em 2012, aos 25 anos, ele finalmente encontrou a estação de sua cidade natal, e assim conseguiu se reencontrar com a mãe biológica.
Essa é a incrível história do filme Lion – Uma Jornada Para Casa, previsto para estrear no Brasil no começo de fevereiro.

Cena do filme Lion mostra um menino correndo pela chuva e um arco-íris ao fundo

Veja o trailer oficial do filme legendado:

https://youtube.com/watch?v=ziOLGzKq6oo

Para celebrar o lançamento do longa-metragem, o Google resolveu compartilhar toda a jornada inicial de Saroo Brierley pelo interior da Índia, liberando no aplicativo do Google Earth a trajetória de Brierley. Para acompanhar, basta selecionar a opção Voyager no menu Camadas.

O vídeo abaixo mostra um pouco mais dessa viagem (em inglês):

Além das telonas
Assim como Saroo Brierley, muitas pessoas estão redescobrindo o mundo pelo Google Earth graças à iniciativa do educador português Luís Correia Antunes, que criou o Google Earth na Sala de Aula.
O projeto educativo foi lançado em 2013 juntamente com um livro e tem como objetivo cativar os alunos por meio das novas tecnologias.
Os mapas criados pelo projeto são todos gratuitos, colaborativos e desenvolvidos para qualquer disciplina, pois trazem assuntos relacionados a turismo, meio ambiente, desenvolvimento, fronteiras, entre outros.
Um dos arquivos do projeto tem como tema o Brasil, e traz mapas animados com diferentes informações, como, por exemplo, a demografia do país:

O site ainda fornece manual e cursos gratuitos e on-line para professores, educadores, alunos e quem mais se interessar. Esses materiais servem como base de apoio para o desenvolvimento e apresentação de conteúdos.

Google Earth: da tela do cinema à sala de aula
Google Earth: da tela do cinema à sala de aula