Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Logo EnlighTed está chegando | Dias 19, 20 e 21 de outubro | Inscreva-se agora!

Eram 23 horas e o palco Lua da Campus Party 2015 já estava lotado de campuseiros ansiosos em começar a programar e entender a dinâmica daquilo que não era chamado de palestra, mas sim de Hack Night – uma versão noturna do Hackton – organizada pela Technovation e Programaê!.
Liderada por Camila Achutti, diretora nacional do Technovation, a atividade chamou a atenção dos curiosos que passavam pelo local. E o desafio de desenvolver um aplicativo social em poucas horas despertava ainda mais interesse e motivação. Nos grupos, que se organizaram na hora, o espírito de colaboração surgia com um único foco: aprender a programar e criar um app do zero com o objetivo de solucionar um problema social.

Para que a missão pudesse ser cumprida, a construção do protótipo do software passou por processos de ideação, brainstorm até o escopo do projeto. Para facilitar visualmente o desenvolvimento, a ferramenta “design thinking” foi utilizada e bem aceita pelos desafiados, que logo iniciaram os trabalhos com seus post-its e flip charts. “Temos muitas ideias, pensamos em educação, saúde, algo mais simples e outra ideia mais complexa com foco em lucro. Estamos discutindo qual será apresentada. Não é fácil escolher”, contou um dos campuseiros sentado no chão com seus recentes parceiros de negócio.
Espalhados pelas bancadas do evento, os participantes criaram e fizeram a suas ideias acontecerem. Foram 35 minutos para a produção das telas e simulação do app, que contaram com apoio das voluntárias do Technovation Programaê!. Dúvidas e agitação marcaram o processo de desenvolvimento e, apesar do horário, todos se empenhavam para finalizar o processo.

Com mais de 200 aderentes, a iniciativa resultou em 40 apps sociais idealizados nas áreas de saúde, educação, entretenimento e sustentabilidade – com destaque para o problema da água que a cidade de São Paulo vem enfrentando. A comissão julgadora formada pela equipe do Programaê! e Technovation selecionou três projetos como finalistas: “Pai Virtual”, com objetivo de gerenciar o tempo dos filhos e o uso seguro da internet; “Doar Móveis”, que visa a troca de móveis entre interessados por meio do app com geolocalização; e “Hora do Filme”, app para inclusão cultural de deficientes visuais com narração de filmes.
Os participantes ainda puderam escolher o aplicativo vencedor por voto. O selecionado foi o Hora do filme que, por ter temática diferente dos demais, conquistou o público. A proposta do aplicativo é dar acesso ao mundo audiovisual, como filmes e séries aos deficientes visuais, com conteúdo narrado por voluntários. Ou seja, um app de inclusão social.
Com o apoio a FIAP e Programaê!, os vencedores receberam como prêmios camisetas, tablets e cursos de programação para aprofundarem o conhecimento.O Programaê! e Technovation encerrou as atividades do palco Lua na Campus Party em grande estilo; E com o principal: mais pessoas aprendendo a programar, inspiradas a decifrar a linguagem dos códigos para mudar o mundo.

 

O post Hack Night Programaê! e Technovation empolga a madruga dos jovens na Campus Party apareceu primeiro em Notícias da Fundação Telefônica.

Hack Night Programaê! e Technovation empolga a madruga dos jovens na   Campus Party
Hack Night Programaê! e Technovation empolga a madruga dos jovens na Campus Party