Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Novo Ensino Médio: primeiro itinerário de formação técnica e profissional em Ciência de Dados. Saiba mais

A Jornada Educativa Ondas do Aula Digital ganhou continuidade em Sergipe para aprofundar o conhecimento dos educadores nas possibilidades de uso da plataforma ProFuturo

#AulaDigital#Educação#Educadores

uma mulher negra, de tranças compridas, óculos grau e blusa com estampa florida está sentada em frente a um computador na sala de sua casa, fazendo anotações enquanto participa de uma formação on-line

Entre 21 de março e 4 de abril, educadores das escolas atendidas pelo projeto Aula Digital em Sergipe participaram da Jornada Educativa Ondas do Aula Digital 2.0.  O objetivo foi contribuir para o planejamento das aulas, trazendo possibilidades de integração entre todos os materiais de apoio e as rotinas pedagógicas. E, ao mesmo tempo, prepará-los para a utilização dos recursos e da plataforma digital oferecida pelo ProFuturo.

Além de professores, a Jornada Educativa também teve como foco as equipes diretivas e técnicos pedagógicos das instituições de ensino. A formação aconteceu por meio de uma trilha formativa e acesso ao Portal da Jornada. Como resultado, os educadores que participaram da formação receberam certificados emitidos por instituições de ensino reconhecidas pelo MEC.

De acordo com Claudia Stippe, presidente do Instituto Paramitas, a cada ano é trabalhado um tema que tenha sinergia com o currículo sergipano e com os conteúdos da plataforma.

“Retornamos em 2022 com a oferta de uma nova temporada e, dessa vez, com desenhos animados. Assim, continuamos auxiliando as aulas remotas e presenciais que são ministradas pelos educadores aos estudantes do Ensino Fundamental Menor”, conta.

Por fim, a Jornada também se mostrou como uma importante oportunidade de trocas, aprendizagens e inovações entre os educadores. Sobretudo, priorizando a reestruturação educacional pós-pandemia da Covid-19.

Sobre o projeto

O projeto Estude em Casa pelas Ondas do Aula Digital foi criado em 2020 pela Secretaria de Educação, do Esporte e da Cultura de Sergipe e pelo Instituto Paramitas. Acima de tudo, para  desenvolver um projeto formativo e pedagógico que transmitisse conteúdos para os estudantes sem acesso à internet ou a canais de TV durante a pandemia. Para isso, foi usada a rádio educativa local. O alcance de aprendizagem dos alunos foi ampliado, chegando a 75 municípios sergipanos.

Leia mais: Projeto de educação transmitido por rádio local é bem avaliado por pais e professores em Sergipe

Jornada Educativa: a trilha

A trilha formativa promoveu o avanço da aprendizagem dos educadores durante toda a Jornada. Nesse sentido, foi realizada uma série de encontros síncronos e assíncronos por meio de webinários. Por meio deles, os educadores receberam o passaporte de acesso à formação e realizaram estudos dos materiais disponíveis no portal da Jornada. Além disso, alguns encontros foram focados em educadores que atuam com séries iniciais do Ensino Fundamental.

Mais do que propor inovações tecnológicas, a formação buscou valorizar a atuação de cada educador em sala de aula. Em complemento, o portal disponibilizou formadores para o esclarecimento de dúvidas via WhatsApp, durante a trilha de aprendizagem.

“Desde 2017, ofertamos mais de 300 horas de oficinas que vão além dos conteúdos curriculares. De fato, são temas que dão subsídios para que o professor seja um verdadeiro autor de conteúdos digitais. E tenha uma atitude inovadora em sua escola”, afirma Claudia.

Isis Mota, professora do Ensino Básico em Sergipe, acredita que a plataforma ProFuturo e os conteúdos propostos na jornada ajudam a manter os alunos motivados com a própria aprendizagem. Além disso, trata-se de uma importante ferramenta para o desenvolvimento das competências digitais.

“A escola ainda é a principal fonte de aprendizado. Mesmo perante o fato de os alunos terem acesso a conteúdos por meio da internet e dos livros. De fato, o portal oferece recursos e formatos de fácil acesso, cuidadosamente preparados para o universo infanto-juvenil”, afirma a educadora do município de Itaporanga D’Ajuda.

Apoio constante aos educadores 

A nova temporada do Estude em Casa foi realizada a partir da devolutiva de mais de mil educadores sobre a utilização do material em sala de aula. Além disso, o projeto se baseia no Currículo Priorizado, no Currículo Sergipano, nas Aulas Flix, nos conteúdos ProFuturo e na BNCC.

Só para exemplificar, a plataforma disponibiliza conteúdos como podcasts, aulas animadas e cadernos de aprendizagem. O objetivo desse material lúdico é tornar orgânico o processo de ensino-aprendizagem. E assim, dar autonomia aos alunos e democratizar o acesso aos conteúdos.

Segundo Claudia, o material foi elaborado para consulta constante. Afinal, ele apoia o educador na construção diária junto ao currículo que precisa ser desenvolvido em suas aulas.

“Crescemos muito com as aprendizagens de 2020. E trouxemos as ricas e significativas devolutivas dos educadores para essa versão. Por esse motivo, tornar o material acessível nos orgulha, nos faz aprender e crescer com a diversidade”, afirma.

Jornada educativa e a formação continuada 

Do mesmo modo, a Jornada Educativa se mostrou uma importante ferramenta para a atualização dos professores. Principalmente, como uma oportunidade para a formação continuada e o aperfeiçoamento de suas práticas diante dos novos desafios no processo de ensino e aprendizagem.

“Para nós, a Jornada é um dos indicativos para quem deseja cumprir com maestria sua função de educador. É uma forma de adquirir novos conhecimentos entre os pares e firmar o compromisso pedagógico de buscar a excelência no trato aos conteúdos digitais. Mais do que isso, revalidar as tendências de ensino que melhor condizem às necessidades dos nossos alunos”, conclui a professora Isis Mota.

Aula Digital promove jornada educativa para formação de educadores
Aula Digital promove jornada educativa para formação de educadores