Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Logo EnlighTedRelembre aqui o enlightED 2021

O movimento “Juntos pelo ECA” definiu um plano de ações para 2011. Entre as metas está o atuação social das empresas participantes. Confira!

Conheça as iniciativas do movimento “Juntos pelo ECA”

O movimento “Juntos pelo ECA”, que nasceu ano passado a partir da mobilização inédita de 12 empresas e instituições sociais para a comemoração dos 20 anos do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente, definiu um plano de ações para 2011.  A partir de abril, começa a ser realizado mapeamento da atuação social desse conjunto de empresas e organizações participantes, com a finalidade de se discutir sinergias e forma de ação integrada.
 
Hoje, o “Juntos pelo ECA” já possui 14 integrantes: Instituto Votorantim, Instituto HSBC Solidariedade, Instituto Camargo Corrêa, Instituto Unibanco e Instituto Paulo Montenegro; a Fundação Itaú Social, Fundação Telefônica, Fundação Vale e Fundação ArcelorMittal; os bancos Santander e Bradesco; o SESI/SP, SESI/CN, e o GIFE – Grupo de Institutos, Fundações e Empresas. Todos possuem atuação relevante na defesa da garantia dos direitos da criança e do adolescente.
 
Uma carta de intenções, assinada por ocasião do lançamento do movimento, preconiza a realização de um trabalho colaborativo, por meio de um Comitê Executivo que coordena as ações. A primeira iniciativa prevê, portanto, o mapeamento de toda a atuação social das empresas pelo país, a ser realizado pelo Instituto Paulo Montenegro e pela Prattein, consultoria especializada na área.
 
A ideia é saber onde e como as empresas estão realizando investimento social no Brasil. “A partir daí, será possível pensarmos em formas de potencializar a atuação nos municípios atendidos, para a obtenção de resultados mais efetivos no que se refere à proteção integral de crianças e adolescentes”, afirma Andrea Moreira, Gerente de Responsabilidade Social do Santander.
 
A carta de intenções também prevê que os integrantes do movimento devam atuar em rede de forma intersetorial; compartilhar e aprimorar metodologias e experiências; sensibilizar e mobilizar outras empresas, organismos multilaterais e demais organizações a aderirem ao “Juntos pelo ECA”, com o objetivo de fortalecer o Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente.
 
Além disso, o movimento pretende estimular a destinação de parte do imposto de renda devido das empresas e pessoas físicas para os Fundos da Infância e Adolescência; cooperar para o fortalecimento dos Conselhos de Direitos e Tutelares, por meio de diagnósticos, planejamento e orçamento integrados com outras políticas, da melhoria na capacitação de gestores e técnicos, e da articulação entre os atores envolvidos; e conhecer pactos, compromissos e outras iniciativas na área da criança e do adolescente para integrar ao movimento.
  
O post Movimento “Juntos pelo ECA” vai mapear atuação social das empresas participantes apareceu primeiro em Notícias da Fundação Telefônica.

Movimento “Juntos pelo ECA” vai mapear atuação social das empresas participantes
Movimento “Juntos pelo ECA” vai mapear atuação social das empresas participantes