Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Saiba como contribuímos para digitalizar a educação pública e promover a solidariedade.

Programa da Fundação Telefônica Vivo oferece formações e conteúdos que atuam no desenvolvimento de competências digitais para educadores. Saiba mais!

#Educadores#PenseGrandeTech#TecnologiasDigitais

Dois professores conversam em uma sala dentro da escola. Eles estão sentados em frente a uma mesa com um notebook e alguns livros em cima dela. O professor da esquerda é um homem branco, de cabelos grisalhos e óculos de grau. Ele usa camisa cinza clara de mangas curtas e uma camiseta cinza escura por baixo. Ao lado direito, a professora é uma mulher branca, de cabelos curtos, castanho claro, e óculos de grau. Ela usa uma camisa escura.

A Cultura Digital é uma das dez competências gerais que devem ser desenvolvidas pelos estudantes, segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Por esse motivo, o aprimoramento de competências digitais para educadores também tornou-se essencial em sala de aula. Desde 2017, o documento define as competências chaves para cada etapa da Educação Básica e norteia as propostas pedagógicas do ensino público e privado brasileiro.

Alinhado a esse propósito, o Pense Grande Tech, programa da Fundação Telefônica Vivo, auxilia educadores a incorporar as tecnologias digitais em suas práticas pedagógicas. Nesse contexto, o programa oferece formações e conteúdos de imersão na Cultura Digital, alinhados à BNCC e aos pressupostos do Novo Ensino Médio.

Tais propostas permitem ao educador relacionar teoria e prática e também estimular habilidades digitais junto aos estudantes. Principalmente, com elementos de aprendizagem criativa e de atividades mão na massa. Além disso, é possível trabalhar temas como Pensamento Computacional, Programação, Narrativas Digitais, Educação para os dados, Robótica sustentável, entre outros.

“As formações e os materiais do Pense Grande Tech apoiam os professores a desenvolver competências digitais dos estudantes. Isso significa, trazer a realidade do século XXI para o dia a dia. Ou seja, conectar saberes e incentivar os estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio a lidar com mudanças constantes. Como por exemplo, usar a lógica do pensamento computacional para aprimorar competências e habilidades na resolução de problemas em diferentes situações”, destaca Lia Roitburd, Gerente de Projetos Sociais – Ensino Médio e Políticas Públicas da Fundação Telefônica Vivo.

Saiba como aproveitar o Pense Grande Tech 

As formações e os conteúdos do Pense Grande Tech podem ser utilizados de forma transversal, compondo itinerários formativos e eletivas incorporadas às tecnologias digitais.

Competências digitais para educadores 

A professora Joyce Camila Martins participou da formação do Pense Grande no Amazonas, em 2021, nas Eletivas. Ela leciona Língua Portuguesa para alunos do Ensino Básico na região. De acordo com Joyce, o grande aprendizado do curso está relacionado ao entendimento do pensamento computacional.

“Eu nunca tinha parado para pensar que a lógica do computador foi criada por nós seres humanos. Se podemos criar uma máquina que faz esse processamento, por que não podemos usar esses mecanismos em nossas vidas? Esses olhares começaram a ficar mais evidentes no meu cotidiano depois do curso”, afirma.

Joyce conta que começou a formação se perguntando sobre a importância do tema. Logo, passou a pensar em maneiras de incorporá-lo em sua rotina. “O professor precisa se abastecer de conhecimento teórico para desempenhar o seu fazer de forma prática”, acredita a professora.

Sob o mesmo ponto de vista, o professor Emerson Fernandes afirma que o destaque na sua formação foi saber que a lógica do pensamento computacional não depende de equipamentos como ele sempre associou. O educador leciona Sociologia, Filosofia e História para alunos do Ensino Médio, em Santa Catarina, e também recebeu a formação do Pense Grande Tech em Eletivas.

“A formação me agregou em conhecimento tecnológico, nos contatos com experiências de colegas de diversos estados e realidades diferentes. Certamente, estes conhecimentos vão me auxiliar a trabalhar no desenvolvimento de novas habilidades junto aos estudantes”, destaca.

Qual a importância das competências digitais?

Atualmente, as competências digitais são indispensáveis para a realização das mais diversas atividades cotidianas. E, segundo a Unesco, é uma das oito habilidades essenciais a serem desenvolvidas ao longo da vida. Uma vez que é necessária para a comunicação, os relacionamentos, a vivência cultural e o desenvolvimento de atividades produtivas na sociedade.

Para os jovens, as tecnologias digitais são usadas não só como ferramenta de comunicação, como também de trabalho, expressão e socialização.

“Garantir o desenvolvimento das competências digitais é oferecer uma educação de qualidade para todos, e que faça sentido aos estudantes. É garantir melhores oportunidades de desenvolvimento profissional e inserção no mundo do trabalho, em qualquer área que o estudante desejar se aprofundar”, explica Lia Roitburd.

Por isso, seu domínio é fundamental para o aprimoramento da prática docente. Acima de tudo, é uma oportunidade de promover um aprendizado mais colaborativo e, ao mesmo tempo, autônomo. Ou seja, permitir que o estudante seja protagonista na produção do próprio conhecimento.

“Os professores que não buscarem se aperfeiçoar na utilização da tecnologia, certamente, terão mais dificuldades de falar a linguagem dessa nova geração de alunos, extremamente conectada”, afirma o professor Emerson Fernandes.

Nesse sentido, a professora Joyce, destaca a relevância da formação do Pense Grande Tech para o desenvolvimento de suas competências. “Pelo curso ter sido desenvolvido de maneira virtual, pude consolidar a prática de estudos por meio de ferramentas tecnológicas e digitais”, ressalta.

Segundo Lia Roitburd, é fundamental que os educadores sintam-se aptos a lidar com diferentes ferramentas, estratégias, temas e desafios conectados à Cultura Digital. “O Pense Grande Tech vai ao encontro desta demanda, trazendo diretrizes, orientações e sugestões de eletivas, unidades curriculares e atividades para os professores”, conclui a gerente da Fundação Telefônica Vivo.

Pense Grande Tech apoia educadores no desenvolvimento de competências digitais
Pense Grande Tech apoia educadores no desenvolvimento de competências digitais