Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Logo EnlighTedDias 19, 20 e 21 de outubro | Assista ao enlightED aqui!

Saúde mental dos educadores e conservação da biodiversidade brasileira fazem parte dos temas abordados pelas formações. Inscreva-se!

#Cursos#Escolasconectadas

Imagem mostra um jovem de camiseta preta sentado atrás de uma mesa com um notebook a sua frente, fazendo anotações em uma folha.

A pandemia de coronavírus trouxe novos desafios que podem impactar na saúde mental dos educadores. Para além do medo da contaminação, a súbita adaptação para o modelo de ensino remoto e o desafio de conciliar atividades profissionais e pessoais reforçam a necessidade cada vez maior de se investir no bem-estar e no autocuidado dos professores.

Dados da pesquisa “A situação dos professores no Brasil durante a pandemia”, realizada pela Nova Escola em maio de 2020, mostram que apenas 8% dos 8,1 mil respondentes se sentem bem. Em comparação com uma pesquisa conduzida pela mesma organização no período pré-pandemia, os dados mostram que o estresse e a ansiedade aumentaram ainda mais.

Cerca de 76% dos educadores ouvidos fazem parte de redes públicas de ensino e apontam o aumento do tempo no preparo das aulas, a necessidade de aprender rápido e a falta de reconhecimento das famílias e gestores como principais causadores de frustração. Além disso, há insegurança em relação ao futuro e a dificuldade em equilibrar as atividades profissionais, domésticas e familiares.

Essas preocupações afetam o processo de ensino-aprendizagem, especialmente quando os educadores sentem-se negligenciados pela rede e pela gestão. Ainda segundo o levantamento, mais da metade das pessoas que responderam (51,1%) afirmaram não terem recebido formação adequada para gerenciar todos os desafios mencionados anteriormente, desde os técnicos até os emocionais.

Entendendo a importância de transformar a perspectiva da gestão e das redes em relação aos cuidados com a saúde mental dos educadores, a plataforma Escolas Conectadas lançou o curso “Bem-estar docente: autocuidado e redes de apoio para quem transforma a educação”.

Com carga horária de 20 horas e modalidade autoformativa, o curso busca aprofundar referências sobre sistemas de apoio, métodos dialógicos e bem-estar docente, destacando a importância da prática do autocuidado e da segurança emocional no ambiente escolar. A trajetória formativa é composta de materiais de apoio para estudo individual e lives com especialistas que foram destaque no curso “Inteligência emocional para professores: cuidando de quem transforma a educação”.

Biodiversidade brasileira em jogo 

O projeto Escolas Conectadas faz parte do ProFuturo, programa global da Fundação Telefônica e da Fundação Bancária “la Caixa. Depois de mobilizar esforços para potencializar as experiências do futuro a partir das ações do ano anterior, a iniciativa retorna em 2021 com opções de cursos conectados à realidade atual e alinhados às competências do século XXI.

Além do bem-estar dos educadores, uma preocupação atual e sempre urgente é com a conservação da biodiversidade do planeta.

O Brasil é o país que possui a maior biodiversidade do mundo, com mais de 20% do número total de espécies de animais e plantas da Terra. Para preservá-la em um contexto de transformação tecnológica, é importante despertar a consciência para práticas sustentáveis o quanto antes. Esse é o objetivo do curso Jornada dos Biomas: biodiversidade e conservação em forma de jogo.

Por meio de um jogo digital, que utiliza os recursos gamificados para potencializar a aprendizagem, temas como fauna e flora da Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado, Caatinga, Pantanal e Pampas são introduzidos de forma lúdica e divertida. O curso tem carga horária de 20 horas e é mediado por duas biólogas, que desenvolvem pesquisas nas áreas de conservação de biomas e uso de jogos na educação.

Plataforma Escolas Conectadas lança novos cursos para professores em 2021
Plataforma Escolas Conectadas lança novos cursos para professores em 2021