Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Logo EnlighTedRelembre aqui o enlightED 2021

Na escola em que trabalho já é desenvolvido dentro do currículo escolar um projeto voltado para o tema combate a exploração do trabalho infantil, visto que, sentimos a necessidade de abordar e trabalhar esse assunto na comunidade em que a escola está inserida.

PROJETO COMBATE A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

PERÍODO: MAIO A DEZEMBRO DE 2012

JUSTIFICATIVA:

Estudos mostram que o número de crianças e adolescentes que se encontram em situação de exploração pelo trabalho vem crescendo a cada ano, tanto na zona urbana como na zona rural, a jornada também vem aumentando o que alimenta ainda mais a repetência e a evasão escolar. Diante de tal situação é necessário que se realize um trabalho de conscientização para que os índices apresentem possibilidade de redução. Começamos na escola, um trabalho de conscientização sobre os direitos das crianças e dos adolescentes, seguindo com uma nova reflexão sobre o assunto. É de conhecimento de todos a legislação existente e que é nosso dever buscar uma solução para o problema, mesmo porque os prejuízos imediatos em nossas crianças é absurdo, o rendimento escolar, se matriculadas, cai assustadoramente, o desenvolvimento físico e emocional fica severamente comprometido deixando marcas que acompanham o individuo por toda sua vida, pois é quase impossível o desenvolvimento de um ser saudável e equilibrado emocionalmente quando a etapa mais importante de sua vida foi lhe subtraída de uma forma tão brutal. Tentando abrir brechas para uma maior conscientização, elaboramos um plano de ação que nos possibilite atingir não só nossos alunos mais toda a comunidade escolar.

OBJETIVOS:

• Proporcionar reflexão buscando a conscientização sobre os prejuízos causados pela imposição do trabalho ás crianças e adolescentes;
• Possibilitar o reconhecimento de que maus – tratos, exploração sexual, envolvimento de crianças com pornografia ou tráficos de qualquer natureza caracteriza-se crime;
• Favorecer aos alunos a reflexão da importância de permanecer na escola, conscientizando-os de que a educação é a melhor maneira de construir um futuro de esperança, que estudar é o seu oficio, que brincar faz parte do seu desenvolvimento e que é direito seu;
• Estender essa reflexão a toda comunidade escolar principalmente aos pais para que se possa vislumbrar uma mudança de comportamento em nossa comunidade, onde encontramos a maioria de nossas crianças executando todo o trabalho doméstico, cuidando dos irmãos menores, sem que isto seja executado em caráter educacional, como forma de cooperação familiar e sim como responsabilidade incondicional;
• Favorecer o conhecimento que existe mecanismo a serem acionados em defesas de crianças e adolescentes que se encontram em situação de exploração.

CONTEÚDOS:

• ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente
• Trabalho Infantil e educação
• SGD – Sistema de Garantia de Direitos e Ministérios Público
• Prejuízos do trabalho infantil
• Quando o trabalho Infantil é crime
METODOLOGIA:

A execução do projeto acontecerá promovendo primeiramente a sensibilização com toda comunidade escolar para que haja o interesse e envolvimento de todos em sua execução. As atividades serão propostas considerando o conhecimento prévio dos alunos e acontecerão de forma lúdica e interativa utilizando estratégias diferenciadas onde o aluno pense, reflita, analise, critique e construa o conhecimento de forma significativa para isso utilizaremos diversos recursos.
ESTRATÉGIAS:

• Reunião de sensibilização com toda comunidade escolar;
• Conversas informes investigando o conhecimento prévio dos alunos;
• Levantamento de hipóteses: O que é a ECA? O que caracteriza trabalho infantil? Quais os prejuízos causados pelo trabalho infantil?
• Distribuição e estudo da cartilha “Brincar, estudar, viver… trabalhar quando crescer”;
• Leituras de textos informativos, com atividades relacionadas aos mesmos;
• Realização de pesquisas;
• Promover palestras, trazendo um convidado, para toda a comunidade escolar;
• Construção de desenhos, fotomontagens e pinturas;
• Elaboração de textos, contos, poesia de cordel, histórias em quadrinhos, coletivas e individuais;
• Composição de música e paródias;
• Assistir DVD e realizar atividades sobre o mesmo;
• Ouvir músicas, interpretar e realizar atividades relacionadas ao assunto;
• Promover concurso do melhor desenho, pintura, fotomontagem, textos, contos, músicas, paródias, poesia de cordel e histórias em quadrinhos;
• Realizar dramatização e teatro;
• Fazer esquetes teatrais;
• Exibição de textos e mensagens reflexivas em power point;
• Exposição da ECA em power point;
• Discussões e debates sobre o assunto;
• Desenvolver as atividades com os alunos no Programa Mais Educação e Escola Aberta.
RECURSOS

HUMANOS:
• Gestores, Professores, Alunos, Pais, e Funcionários.

MATERIAIS:
• Textos e gravuras de jornais, revistas e internet;
• Cartolina, papel madeira, caderno, lápis de cor, canetinhas, tinta guache, folhas de isopor, etc;
• Aparelho de DVD, som, computador e DATASHOW;
• ECA – Estatuto da Criança e Adolescente;
• Fantoches, teatro de fantoches;
• Solicitar a SER VI um profissional para realizar palestras na escola.
AVALIAÇÃO

• Observação dos trabalhos apresentados em sala;
• Exposição para a comunidade das criações literárias, artes visuais e demais materiais confeccionados.

PROJETO COMBATE A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL
PROJETO COMBATE A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL