Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
ESTUDO ANALISA O IMPACTO DA PROGRAMAÇÃO NA EDUCAÇÃO, EMPREGABILIDADE E MERCADO DE TRABALHO.
BAIXE AQUI

Realizado pela Fundação entre os dias 27 e 28 de agosto, não poderia faltar na retrospectiva do ano o RIA Festival nasceu da nossa vontade de promover debates sobre cultura digital. Com mais de 600 participantes presenciais e mais de 22 mil acompanhantes por streaming, a abertura do evento, feita pela presidente da FTV, Gabriela Bighetti, apresentou o resultado da pesquisa Juventude Conectada – desenvolvida para entender o comportamento do jovem brasileiro na era digital, com base em 4 eixos principais: empreendedorismo, ativismo, educação e comportamento.
Os resultados apontados pela análise surpreenderam. Os dados indicam, por exemplo, que o celular é principal meio de acesso para 71% dos jovens, e, para 53% dos entrevistados, a internet melhora o relacionamento entre alunos e professores.
O estudo Juventude Conectada é o ponto de partida para as novas ações da FTV durante os próximos anos de atuação. Gabriela ainda afirmou que “a amplitude dos métodos adotados geraram uma grande possibilidade de utilização dos dados para diversas análises.“
A apuração dos números convergiu para que a pesquisa pudesse desvendar padrões e tendências no comportamento da juventude brasileira conectada. E os resultados interessam aos jovens, aos pais, às escolas e ao estado, em resumo, a todos os responsáveis pela formação dos jovens, auxiliando-os a enfrentar os desafios e serem protagonistas do seu futuro.
O resultado completo está disponível para download. Clique aqui e confira.

Retrospectiva: Especial RIA e Juventude Conectada
Retrospectiva: Especial RIA e Juventude Conectada