Saltar para o menu de navegação
Saltar para o menu de acessibilidade
Saltar para os conteúdos
Saltar para o rodapé
Logo EnlighTedDias 19, 20 e 21 de outubro | Assista ao enlightED aqui!

Os voluntários Telefônica passaram um dia inteiro de muita festa – e muito trabalho também – nas atividades de recreação das crianças do Lar Altair Martins!

Ação da Fundação Telefônica terminou em festa!

 

Cerca de 300 voluntários Telefônica passaram um dia inteiro de muita diversão – e muito trabalho também – nas atividades de recreação das crianças do Lar Altair Martins, enquanto os outros colegas voluntários cuidavam da revitalização da instituição no dia 2 de outubro. As atividades aconteceram no Projeto Anchieta, que fica bem próximo da instituição, onde as crianças das duas entidades se reuniram para muitas brincadeiras.

Na programação, além dos brinquedos que encheram o ambiente de alegria, como pula-pula, cama elástica, piscina de bolinhas, touro mecânico e tobogã, os voluntários também fizeram maquiagem artística, oficina de brinquedos com material reciclado, teatro de pallhaços, oficina de percussão e de origami. Tudo foi pensado e planejado com muito carinho para oferecer um dia muito especial para toda a garotada, inclusive a oficina de bambú, na qual voluntários e adolescentes trabalharam na construção de móveis.

As amigas Danielle Piza e Maria de Lourdes Castro Nogueira, analistas de negócios da Telefônica SP, buscaram nesta atividade ter uma experiência diferente com as crianças e oferecer muito carinho e atenção. Danielle tem uma filha de 5 anos e Lourdes tem um netinho com 1 ano, “mas conviver com crianças diferentes e ver uma realidade diferente da nossa nos torna mais solidários” disse Lourdes.

Os voluntários estão ficando craques no tema da recreação, e a cada ano capricham um pouco mais nas surpresas para as crianças. Um dos voluntários se vestiu de Kiko, ou melhor, “incorporou” o personagem e fez um enorme sucesso entre a garotada. Aliás, não faltou criatividade nas alegorias de grande parte dos voluntários.

A engenheira Raquel Batista Silva, da gerência de Planejamento, que ainda não é mãe, disse que esta experiência será inesquecível. “O sorriso da criança é único, transforma o dia ou qualquer outro sentimento ruim que possa existir. Foi um dia indescritível este que tivemos no Projeto Anchieta.”

E quem pensa que só as mulheres gostam de passar o dia com as crianças está enganado. Os amigos João Carlos Perssinotti e Ronald Valvassori, ambos da gerência de Gestão de Manutenção, na cerimônia de encerramento traziam um cansaço estampado no rosto, mas com um olhar de felicidade. Esta foi a segunda participação da dupla no Dia dos Voluntários, que revitalizou a oficina de marcenaria na edição passada. Desta vez eles escolheram a recreação para experimentar um “lado mais humano” do projeto, disseram. “Foi uma experiência inigualável. Imaginávamos dar carinho a elas, mas tivemos uma troca que foi impressionante. A criança retribui de forma sincera, honesta, e é muito fácil conseguir uma integração, criar laços. E elas também percebem se a nossa atenção não for sincera. Criança não se engana com isso, não”, afirmou Ronald.

Nas demais cidades que participaram do Dia dos Voluntários – Campinas, Ribeirão Preto, Porto Alegre e Rio de Janeiro – as atividades de recreação também fizeram grande sucesso entre a criançada. “Esta é uma das atividades mais concorridas e esperada pelos voluntários, pois o trabalho com as crianças também exige um esforço físico imenso, mas é muito compensador”, diz Viviane Viana Pereira, responsável pela atividade de recreação no Comitê dos Voluntários.

Por Lucy De Miguel  |  Vetor Comunicação

O post Um dia inteiro de festa para cerca de 800 crianças apareceu primeiro em Notícias da Fundação Telefônica.

Um dia inteiro de festa para cerca de 800 crianças
Um dia inteiro de festa para cerca de 800 crianças