Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Novo Ensino Médio: primeiro itinerário de formação técnica e profissional em Ciência de Dados. Saiba mais

O evento on-line reuniu educadores dos municípios que integram o programa Aula Digital para debater práticas pedagógicas inovadoras no Brasil e no exterior

#AulaDigital#Educação#Educadores

Imagem mostra uma mulher utilizando um notebook. O aparelho está ligado e na tela é possível ver a apresentação do evento Viamão Conecta – Edição Internacional

Promover o compartilhamento das práticas pedagógicas inovadoras de 2021 entre os territórios de atuação do projeto Aula Digital foi o objetivo do Viamão Conecta: V Mostra de Práticas Inovadoras.

A iniciativa foi uma realização da HardFun Studios – parceira executora do projeto – com a Fundação Telefônica Vivo e a Secretaria Municipal de Educação de Viamão (RS).

Educadores dos municípios de Vitória do Santo Antão (PE), Goiânia (GO), Manaus (AM), Viamão (RS) e de Sergipe participaram do evento on-line, que aconteceu em dezembro. Todos eles apresentaram as práticas pedagógicas que vêm sendo desenvolvidas em seus territórios com os materiais e recursos do Aula Digital.

Pela primeira vez, houve a integração com iniciativas internacionais, com a participação de parceiros da Angola e do México.

“Este ano, o Viamão Conecta atravessou fronteiras, trazendo seus parceiros internacionais para se integrarem aos territórios do Brasil. Assim, tomamos conhecimento das diferentes trajetórias do projeto em Angola e no México. Foi uma experiência inédita no Brasil”, afirma Cíntia Bauer, assistente pedagógica da equipe do Aula Digital em Viamão. Ela foi a apresentadora do evento, junto com o formador pedagógico Ricardo Gausmann.

“Essa caminhada que foi construída com o projeto da Aula Digital, antes mesmo da pandemia, foi essencial para lidarmos com as dificuldades com relação à Covid-19, como o afastamento das crianças e a quase obrigatoriedade dos professores de fazerem uso da tecnologia para atender aos alunos. Então, todo trabalho que foi feito antes desse período contribuiu muito para qualificar nossa proposta pedagógica”, destacou Márcia Culau, Secretária Municipal de Educação de Viamão.

Saiba mais: Aula Digital de Viamão forma educadores em ensíno híbrido e mediação pedagógica

Práticas pedagógicas no contexto da pandemia

“A pandemia trouxe a necessidade da gente, de fato, se reinventar e inovar. Parabenizo e agradeço a vocês, educadores e educadoras, por nunca terem deixado de lado os estudantes, que são o motivo maior da gente fazer tudo isso”, ressaltou Renata Altman, Gerente de Projetos Sociais da Fundação Telefônica Vivo, na abertura do evento.

A centralização do aluno no processo de aprendizagem foi um dos temas debatidos durante o Viamão Conecta. Afinal, uma das consequências da pandemia foi a busca por maneiras eficazes para transmitir conhecimento remotamente.

“Neste momento em que as coisas voltam ao presencial, nós que trabalhamos com educação, especialmente os professores e professoras que atuam em sala de aula, se deparam com um grande desafio: como vamos receber esses alunos que passaram dois anos afastados do ensino presencial?”, questiona Juliano Bittencourt, Diretor Executivo da HardFun Studios.

Nesse sentido, Juliano também alerta para a necessidade primária de acolher os estudantes que tiveram a rotina completamente modificada pelo isolamento social.

“Enquanto a sociedade, muitas vezes, fala em recuperação da aprendizagem, eu queria falar um pouco sobre acolhimento. Porque acho que esse é o principal desafio que vejo que a gente vai ter nos próximos anos enquanto educadores. O desafio de não saber como os nossos alunos estão voltando e quais vão ser as consequências emocionais da pandemia sobre eles.”

De acordo com Cintia Bauer, é preciso priorizar as particularidades de cada aluno e território. Todos os territórios onde o Aula Digital está presente têm desenvolvido ações e práticas bem sucedidas em seus contextos.

“Consideramos que os elementos fundamentais são possibilitar o acesso à tecnologia nas escolas, capacitar os professores sobre as potencialidades das tecnologias na educação e apoiar os professores em suas práticas pedagógicas diárias para fortalecer o engajamento dos estudantes”, declara.

Práticas inovadoras e humanizadas

Sobre as lições que podem ser tiradas do evento, Cíntia destaca o intercâmbio de ideias e experiências enriquecedoras entre os educadores que tiveram de se reinventar no cenário pandêmico.

“Acima de tudo, tivemos a oportunidade de conhecer a diversidade e a multiplicidade de práticas inovadoras e humanizadoras frente às desigualdades sociais. Os territórios têm desenvolvido diferentes estratégias durante o período pandêmico para o fortalecimento da acessibilidade e para o incremento das práticas pedagógicas. Assim sendo, o projeto tem apoiado os professores na utilização e na mediação da aprendizagem através dos recursos tecnológicos do ProFuturo e outras tecnologias digitais que vêm emergindo”.

Ariane Vieira, assessora pedagógica e ponto focal do Aula Digital na Secretaria Municipal de Educação em Viamão também apresentou as ações promovidas pelo projeto no município. Dentre eles, destacam-se as jornadas pedagógicas sobre Ensino Híbrido e Metodologias Ativas, a formação em ferramentas Google, o Game do Aula Digital com temas transversais à BNCC e a entrega das maletas digitais.

Em 2021, o projeto Aula Digital em Viamão atendeu 55 escolas, formou 921 educadores e impactou 7.970 mil estudantes. O território aperfeiçoou suas práticas usando os recursos tecnológicos, tanto com a ferramenta ProFuturo quanto com o uso de recursos digitais adaptados para o uso na educação.

Viamão Conecta promove o compartilhamento de práticas pedagógicas
Viamão Conecta promove o compartilhamento de práticas pedagógicas