Saltar para o menu de navegação
Saltar para o rodapé
Saltar para os conteúdos
Saltar para o menu de acessibilidade
Logo EnlighTedDias 19, 20 e 21 de outubro | Assista ao enlightED aqui!

Parceria entre Vivo e a ONG Américas Amigas, a campanha do Outubro Rosa visa conscientizar mulheres sobre a importância de um diagnóstico precoce.

Parceria entre Vivo e a ONG Américas Amigas, a campanha do Outubro Rosa visa conscientizar mulheres sobre a importância de um diagnóstico precoce.

Em parceria com a ONG Américas Amigas, a Vivo lança no mês em que se aborda mundialmente a prevenção ao câncer de mama a websérie Conectadas Somos Mais Fortes, com o objetivo de conscientizar as mulheres sobre o cuidado e atenção com a doença.

Este ano, o tema da campanha da organização é “Olhar do Bem”, fazendo uma referência à necessidade de conscientização da população sobre a importância de um diagnóstico que ocorra no estágio inicial da doença. A ONG Américas Amigas convida a população não somente a divulgar a campanha nas redes sociais, mas também doar para tornar a compra de mais equipamentos possível.

Criada em 2009, a organização é uma iniciativa brasileira e norte-americana que nasceu com o desejo de tornar o diagnóstico de câncer de mama mais acessível, principalmente para mulheres com pouco acesso à rede de saúde. A ONG é referência na diminuição de casos de câncer de mama, apostando na doação de mamógrafos: foram 23 mamógrafos doados e mais de 500 mil exames realizados, além de uma contínua formação de profissionais.

“Estudos revelam que é grande a chance de cura da doença, quando descoberta na fase inicial. Por isso, além de estimular a realização da mamografia, buscamos mostrar a importância de uma rede de conexão entre pessoas para informar e ajudar quem tem a doença a superar este momento da melhor forma possível”, explica a diretora de Sustentabilidade da Vivo, Joanes Ribas. Os quatro episódios que compõem a série trazem depoimentos de mulheres que lutam contra o câncer de mama ou já estão curadas, em um compartilhamento de suas experiências e desafios.

Foi o cuidado constante com a saúde e disponibilidade de informação que fizeram com que Ana Maria dos Santos e Jaqueline Brandão descobrissem que estavam com a doença em seu estágio inicial. Elas são protagonistas do primeiro e segundo episódios da websérie.

Nos últimos vinte anos, houve um aumento na incidência de diagnósticos em razão da democratização de exames como ultrassonografia e mamografia. Quando esse diagnóstico é precoce, as chances de sobrevivência aumentam em 95%, e é fundamental que mulheres a partir dos 40 anos realizem exames periódicos e estejam atentas a qualquer mudança em seus corpos, contando com uma rede de saúde que as apoie.

Os outros episódios da série Conectadas Somos Mais Fortes serão disponibilizados online periodicamente nos canais da Vivo, além de serem exibidos no Vivo Rio.

Websérie conta a experiência de mulheres que lutam ou já venceram o câncer de mama
Websérie conta a experiência de mulheres que lutam ou já venceram o câncer de mama