Voluntários Pense Grande Digital

O projeto Voluntários Pense Grande Digital contribui com a transformação de colaboradores da Vivo, que atuam como voluntários, e que podem compartilhar experiências profissionais, por meio de seus conhecimentos, com estudantes que estão entrando no universo do empreendedorismo e do mercado de trabalho.

O projeto Voluntários Pense Grande surgiu em 2017, com a ideia de unir o voluntariado ao Programa Pense Grande, iniciativa da Fundação Telefônica Vivo que convida jovens de todo o Brasil a pensarem no seu projeto de vida e na sua comunidade por meio do empreendedorismo social e das tecnologias digitais.

Em 2020, o programa ganhou uma nova versão com o Pense Grande Digital, uma proposta de formação gamificada, lúdica e totalmente on-line. Desde então, os colaboradores da Vivo, que atuam como voluntários, recebem uma capacitação inicial sobre temáticas e estratégias relacionadas à formação. O intuito é que eles atuem como mentores durante o percurso formativo dos jovens no Pense Grande Digital.

Além da oportunidade de exercitar atividades voluntárias com foco educacional, os colaboradores podem compartilhar experiências do dia a dia profissional com estudantes que estão entrando no universo do empreendedorismo e do mercado de trabalho, usando seus conhecimentos para agregar qualidade em aspectos importantes do aprendizado dos participantes e do desenvolvimento de seus projetos.

Os voluntários selecionados executam algumas funções como:

•  Realizar a jornada de formação com o perfil de mediador;
•  Fornecer feedbacks individuais e coletivos aos jovens;
•  Realizar consultoria de grupos, por meio de chat ou Webinar a partir de suas experiências profissionais.

Com esse novo formato, colaboradores de todas as regiões puderam se inscrever-se como voluntários para serem mentores dos jovens. O pré-requisito para se candidatarem foi a capacitação em áreas específicas da empresa relacionadas à Comunicação e Artes; Administração; e Tecnologia da Informação e Direito.

 

Depoimentos

Uma das maiores expectativas dos voluntários era saber como tudo funcionaria na prática. E quando chegou a hora, finalmente a gente percebeu o quão rico seria essa experiência. Primeiro por conta de toda a cultura, da diversidade desses jovens de todos os lugares do Brasil e também o desafio que a gente teria para captar a atenção deles.”

Marcus Vinícius Dota de Souza, Gerente Geral Loja II 

Eu acho que a gente tem que estimular as pessoas a fazerem alguma coisa. E se esse trabalho tiver plantado uma sementinha na cabeça dos jovens, para que eles consigam fazer a diferença, o nosso trabalho está feito e eu me sinto muito grata de ter feito parte dele.”

Débora Rodrigues, Consultora de Projetos