Quem somos

criança na escola de fone de ouvido olhando para a tela de um celular (Quem Somos)

Contribuímos com o desenvolvimento de competências digitais de educadores e estudantes do Ensino Fundamental e do Ensino Médio com o intuito de apoiar a digitalização da educação pública.

Há 23 anos no Brasil, a Fundação Telefônica Vivo é uma das responsáveis pela esfera social no conceito ESG* da Vivo, alinhada ao propósito da companhia e confiante que a digitalização do Brasil é um importante facilitador para uma sociedade mais justa, humana e inclusiva. Nesse sentido, o foco da atuação social da Fundação está em apoiar a “digitalização da educação pública”, voltada para o desenvolvimento das competências digitais de educadores e estudantes do Ensino Fundamental e Médio.

Integrante de movimentos e coalizações sociais que discutem estratégias e agendas para implementação de uma educação mais digital, a Fundação oferece cursos a distância e gratuitos de formação continuada para qualificar educadores a desenvolverem práticas pedagógicas inovadoras, alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e ao Novo Ensino Médio, além de recursos qualificados de aprendizagem.

A transformação digital exige cada vez mais que crianças e adolescentes estejam aptos a utilizar elementos da tecnologia de maneira crítica e a favor da sociedade, tendo a compreensão de todas as suas potencialidades e impacto, o que torna o ambiente escolar um aliado para o desenvolvimento de competências digitais nos estudantes. Por isso, a Fundação promove também itinerários formativos, como o de Ciência de Dados que está presente em escolas regulares, técnicas e centros de educação profissional, apoiando assim a implementação do Novo Ensino Médio.

Além disso, a instituição trabalha fortemente o voluntariado corporativo, que tem como objetivo sensibilizar e engajar colaboradores da Vivo em ações que gerem impacto social, tanto no formato presencial quanto digital.

*ESG: Environmental (Ambiental, E), Social (Social, S) e Governance (Governança, G)

Conheça os profissionais que atuam em prol da digitalização da educação pública em benefício de educadores e estudantes brasileiros.

equipe (1)

Odair Barros

Lia Glaz

Diretora-presidente da Fundação Telefônica Vivo

É formada em Administração Pública pela FGV-EAESP e com mestrado na área de Desenvolvimento Econômico e Político pela SIPA-Columbia University. Na Fundação Telefônica Vivo, Lia já liderou a área de Educação, promovendo iniciativas inovadoras e o uso de tecnologia para apoiar o desenvolvimento de crianças e jovens no contexto do século XXI, incluindo programas oferecidos pela Fundação, desenvolvimento de pesquisas e processos de fortalecimento de políticas públicas. Antes disso, trabalhou por 15 anos em organizações sociais e multinacionais nas áreas de educação, esporte e alimentação saudável no Brasil, Canadá e Suíça.

Luanda de Lima Sabença

Luanda de Lima Sabença

Gerente Sênior de Mobilização e Voluntariado

Graduada em Administração de Empresas com ênfase em comércio exterior e pós-graduada em Competências Comerciais, é a Gerente de Comunicação e Voluntariado da Fundação Telefônica Vivo. Ingressou na Fundação em 2014, vindo da Telefônica Brasil (Vivo) onde passou pelas áreas de Marketing, Vendas, Relações Públicas e Comunicação Corporativa.   Na Fundação, seu foco é disseminar a Inovação Educativa por meio da comunicação institucional e dos projetos sociais, além de incentivar ações cidadãs aos colaboradores da Vivo através do Programa de Voluntariado Corporativo.

Odair Barros

Odair Barros

Gerente Sr. de Estratégia e Gestão

Formado em Ciências Contábeis e MBAs em Gestão empresarial pela FGV, Executivo Internacional pela Business School SP, é gerente de planejamento, administração e finanças da Fundação e eleito diretor estatutário em 2016. Executivo com perfil generalista, possui larga experiência em empresas multinacionais e nacionais de grande porte nas áreas de Controladoria, Planejamento, Finanças, Recursos Humanos e em gestão de entidades do terceiro setor. Está na Telefonica desde 1999, tendo atuado em diversas empresas do grupo, em diferentes posições e geografias. Anteriormente, atuou na Claro, Rede Sarah de Hospitais. Como atividade voluntária, é diretor presidente do Nosso Clube Telefônica Vivo, uma instituição sem fins lucrativos, que tem por objetivo proporcionar bem-estar a seus associados através de atividades nas áreas da cultura, esporte e lazer.